[Moçambique] Rádio Moçambique vai apostar na digitalização

1691

A Rádio Moçambique (RM) defende a digitalização e modernização da sua estação emissora com vista a adequar-se à realidade atual.

Falando nas XIV jornadas de Radiodifusão, por ocasião do 47. Aniversário desta estação emissora, o Presidente do Conselho de Administração, Abdul Nagubo, explicou que a digitalização vai contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços de radiodifusãoereiterou o compromisso de contribuir para o desenvolvimento social do país, através de programas em línguas nacionais.

Entretanto, apesar de ser uma realidade, há que ter em conta as barreiras que os países em desenvolvimento como Moçambique enfrentam para a materialização deste processo, tal como refere o palestrante e colaborador da RM, Luís Taiado.

MAIS: [Moçambique] ICS desafiado a modernizar tecnologicamente rádios e TV comunitárias

Taido afirmou existirem limitações financeiras, pois a transmissão digital acarreta custos para a sua concretização, produção, distribuição, aquisição de equipamentos técnicos e outros.

Existem, de igual modo, as barreiras políticas, visto que cada país tem a sua realidade e prioridades e, por ser um processo novo, há ainda muito desconhecimento do impacto na sociedade.

Por seu turno, o linguista Antonio Ndapassoa destacou, na sua intervenção, a importância de se criarem políticas públicas de digitalização para permitir atuar na seleção e criação de condições para o uso das línguas locais moçambicanas em todos os conteúdos públicos, incluindo no ciberespaço.

“A ausência das línguas nacionais nas plataformas digitais tem consequências, como a possibilidade de os seus falantes se excluírem de participar”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui