Netflix cobrará valor extra em contas partilhadas

1835

No princípio deste ano, a Netflix anunciou que vai banir a partilha de contas em 2022, uma medida que visa acabar com a distribuição que contas que deviam ser apenas pessoais, mas muitos utilizadores têm estado a comercializar as suas contas criando subcontas na plataforma.

Para levar ainda mais a que este hábito seja abandonado, há mais uma novidade. A partir do próximo ano vai ser cobrado um valor extra a todos os que estejam a partilhar a conta com outros utilizadores. Esta forma de controlar a partilha de qualquer conta não é uma novidade e vinha a ser testada há já alguns meses. Em alguns países da América Latina estava já a ser cobrado um valor que rondava os 4 euros (Equivalente a 1.744,900 Kwanzas no câmbio do Banco Nacional de Angola) por cada utilizador que acedesse fora da morada da conta.

Lucros da Netflix no terceiro trimestre

A apresentação de resultados para o trimestre veio mostrar uma melhoria nas contas do Netflix e em especial no número de utilizadores. Este valor cresceu acima do esperado e mostra que todas as medidas que foram aplicadas começam a dar resultado. Ainda sobre os seus resultados financeiros, a Netflix revelou que aumentou no terceiro trimestre do ano 2,4 milhões de utilizadores, de acordo com o seu último relatório de contas trimestral. Este valor superou as expectativas da própria empresa, que só esperava mais um milhão de subscritores.

O serviço de streaming apresentou agora lucros de 1,398 mil milhões de dólares. A somar a isso, conseguiu inverter a sua tendência de perda constante de utilizadores premium, que se verificava desde há meses. Isso levou a que levou a sua cotação bolsa sofresse a maior queda da sua história.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui