Como foi a participação de Angola no Mundial de robótica 2019 ?

908

Angola participou em Outubro no Mundial de Robótica 2019. O grupo de angolanos que representaram no mundial de robótica em Dubai pertence à Arotech (Angola robótica e tecnologia), jovens que se reuniram com o objectivo de inspirar estudantes Angolanos e despertar o interesse em novas tecnologias e robótica.

Sobre a competição

A FIRST® Global organiza anualmente uma competição internacional de robótica para despertar a paixão por ciência, tecnologia, engenharia e matemática (“STEM”, sua sigla em inglês) entre mais de dois bilhões de jovens ao redor do mundo, para a edição de 2019 Dubai foi o destino escolhido.

Ao reunir esses futuros líderes em STEM em uma competição engajada e colaborativa que investiga a importância, o entusiasmo e a aplicabilidade do ensino de STEM em suas comunidades, a FIRST Global inspira estudantes a aprenderem as habilidades necessárias para realizar as descobertas que as gerações dos seus pais e avós considerariam milagres impossibilidades ou apenas ficção científica.

Fazer parte da FIRST Global é mais do que apenas construir robôs. À medida que os participantes aprendem a encontrar soluções para os grandes desafios do mundo – água, energia, segurança, medicina, alimentação e educação – aprendem também a trabalhar uns com os outros, confiam uns nos outros e tornam-se parte de uma comunidade verdadeiramente global.

Resultados da Competição

“O equipamento levado para a competição pela equipe angolana apresentou vários problemas mecânicos e lógicos que dificultou a realização dos objectivos, fazendo com que a equipe angolana caísse 30 posições, comparando com a última competição.”

Israel foi a grande vencedora, com mais duas equipes Europeias (Roménia e Bielorrússia) a completarem o top 3.

A equipa angolana foi também indicada para 2 outros prémios, embora não tenha ganho os mesmos:

  • Judges Award – Non Technical
  • Katherine Johnson Award (documentação da engenharia)

Veja mais fotos do evento

A equipa de Angola tem ganho visibilidade internacional devido ao trabalho que tem feito em trazer STEM ( Ciência Tecnologia Engenharia e Matemática) nas comunidades em Angola, com destaque para as participações em diversas feiras tecnológicas em Angola e a iniciativa de levar robótica às escolas.