“Programa Emergentes”. Saiba tudo para que a sua startup ou PME seja escolhida

0
610

Em Maio último, a Comissão do Mercado de Capitais (CMC) lançou o “Programa Emergentes” orientado para apoiar Startups, pequenas e médias empresas (PME), com elevado potencial de crescimento no mercado.

Segundo o comunicado de imprensa, esse programa vem para proporcionar aos pequenos empresários um verdadeiro pacote que inclui mentoria, feita por empresários e demais experientes com cartas mostradas no mercado nacional, como de resto já tem sido feito pelo parceiro Founder Intitute, e Road Show, que nada mais é, senão a apresentação da empresa e do negócio aos potenciais investidores que a avançarem, será por crowdfunding, que em linguagem simples, é um financiamento colectivo, que nesse programa vai seguir o tipo empréstimo.

Mostramos agora abaixo tudo o que deve saber sobre o programa para que a sua startup ou PME seja selecionada.

  •  Ser uma Pequena e Média Empresa (PME), sendo que se o negócio se enquadra no PRODESI, tem vantagem.
  •  Ter projecto com perspectiva de crescimento. Pois os investidores vão estar mais ávidos a avançar consigo se sentirem que o seu projecto pode ir além do hoje.
  •  Potencial de elevada rentabilidade. Os investidores só vão investir se sentirem que podem vir a ganhar com a sua empresa.
  •  Quanto maior for a abrangência do projecto, melhor.
  • Segundo a subdirectora da área de desenvolvimento de mercado da CMC, Juceline Paquete, que fez a apresentação do programa, o mesmo deve ter duração de três anos.

MAIS: Angola com um aumento significativo na criação de startups, revela relatório

Fases do programa:

  • Candidatura
  • Avaliação das candidaturas
  • Inicio da mentoria
  • Road Show (Procurar atrair o interesse de quem pode investir)
  • Captação dos investimentos
  • Governance
  • Bolsa (uma preparação para vir a ser cotada).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui