Quénia cria centro de Segurança Nacional de Telecomunicações

0
1977

O Presidente do Quénia, Uhuru Kenyatta fez o lançamento do Serviço de Telecomunicações de Segurança Nacional (NSTS- sigla em inglês), uma plataforma de comunicações integradas que visa melhorar o partilhamento de informações entre as agências de segurança do Quénia.

Uhuru Kenyatta disse que a nova plataforma ajudará a enfrentar o desafio de penetração geográfica enfrentado por algumas das redes de agências individuais. Afirmou que a NSTS fornecerá comunicações seguras para as missões estrangeiras do país, bem como equipas de segurança que operam fora do país, acrescentando que a nova agência foi estabelecida de acordo com a Ordem Executiva nº 4 de 2020.O presidente Kenyatta elogiou o Conselho de Diretores do NSTS liderado por seu Presidente, Chefe das Forças de Defesa, General Robert Kibochi, por estabelecer a plataforma em um recorde de seis meses.

“Isso vai melhorar a coordenação das actividades e operações de segurança, permitirá a troca de informações em tempo real e permitirá que as nossas agências de segurança lidem melhor com ameaças emergentes no reino do crime cibernético”, disse o presidente Kenyatta.

Com o novo sistema integrado, o presidente disse que os militares, a polícia, os serviços de inteligência e outros serviços de segurança serão capazes de se comunicar de maneira mais eficaz, tanto no âmbito interno quanto entre os órgãos. Ele destacou que o novo desenvolvimento tecnológico permitirá que as agências de segurança colaborem melhor e melhorem os tempos de resposta às necessidades de segurança pública.

“Este sistema de comunicação é mais uma linha de ouro de maiores sinergias e cooperação mais estreita entre as agências de segurança do Quénia; que agora operam numa estrutura de várias agências ”, disse o presidente.

O chefe das Forças de Defesa, general Robert Kibochi, observou que a nova rede é um marco crítico na modernização do sector de segurança do Quénia, afirmou que o serviço aumentará a segurança da nação e dos seus cidadãos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here