[Rumor] Huawei Mate 30 pode ser lançado sem Android

945

O Huawei Mate 30, o próximo smartphone topo de gama da gigante chinesa, será anunciado no próximo dia 18 de Setembro, em Munique. E pode não ter acesso às aplicações mais populares do Google, como o Maps e o YouTube.

De acordo com os rumores, a ausência do Android significa que o telefone não poderá ser lançado com a loja de aplicativos do Google Play ou com qualquer um dos vários aplicativos e serviços criados pela Google. O Mate 30 será o primeiro smartphone da Huawei a ser lançado após a entrada em vigor das restrições impostas pela administração de Donald Trump.

De acordo com um porta-voz da Google, este dispositivo vai ser o primeiro smartphone a ser apresentado pela marca na sequência da proibição de vendas aplicada pelo Governo norte-americano. Na opinião do analista Richard Windsor, “sem os serviços da Google, ninguém vai comprar este telemóvel”.

“A Huawei continuará a usar o sistema operacional e o ecossistema Android se o governo dos EUA permitir que façamos isso”, disse o porta-voz da Huawei, Joe Kelly. “Caso contrário, continuaremos a desenvolver nosso próprio sistema operacional e ecossistema”, completou.

Refira-se que a Huawei tem prevista uma apresentação sobre o Kirin 990, o processador que marcará presença nos próximos smartphones topo de gama da empresa, no dia 6 de setembro, durante a IFA.

Na semana passada, foi anunciada a segunda extensão de 90 dias decretada pelo Departamento de Comércio norte-americano, que indica que a Huawei pode contar com atualizações dos equipamentos até ao dia 19 de novembro – no entanto, a extensão só contempla os telefones lançados até ao dia 16 de maio de 2019.

FONTEReuters
COMPARTILHAR
Artigo anteriorDSTV lança o novo pacote “Família”
Próximo artigoUsuários poderão reinstalar o Windows 10 via Internet
Daniel Afonso Geto Estudante de Engenharia de redes e telecomunicações escreve sobre tecnologia precisamente por ser a sua área de formação, ser algo que ama fazer e para si é um previlegio fazer parte do maior site angolano de notícias ligadas à TIC.Partindo do princípio, parar é morrer, é também detentor das certificações: Administração de Redes, CCNA Routing, CCNA Switching e CCNA Security.