Saiba a diferença que existe entre Wi-Fi e Wireless

1
32174

 

wireless

A maioria das pessoas quando pensam em uma conexão Wireless logo pensa em internet Wi-fi, como se uma fosse a mesma coisa que a outra ou como se a wi-fi fosse o único exemplo de uma conexão sem fio. Entre ambas existem diferenças conceituais, técnicas e práticas que, na verdade, as diferenciam bastante.

Conexão Wireless
É importante entender o que significa uma conexão wireless, uma tradução directa resulta em conexão sem fios. Dessa forma, esse tipo de conexão aponta para toda conexão para a transmissão de dados e informações, entre dois ou mais pontos, que não faz o uso de fios como o caminho para a passagem dos dados. Ela pode ser de curta ou longa distância, depende para isso exclusivamente dos aparelhos envolvidos e da intensidade do sinal gerado.
Por exemplo, a conexão do controle remoto e a televisão pelo infravermelho, entre a estação de rádio e seu aparelho em casa pelas ondas de rádio e das torres de telemóveis com os aparelhos, a radiação electromagnética similar a do rádio… são conexões sem fio. Além dessas, existem outros diversos tipos de conexão sem fio, um deles é a wi-fi.
Wireless é uma palavra em inglês que no português significa sem fio e representa toda a tecnologia que não utiliza cabos para funcionar. Por isso, lembre-se que wireless não se refere apenas as coisas ligadas à internet.
Outros exemplos: o telemóvel que se comunica com as antenas gigantes chamadas de torres, o Bluetooth que estabelece a interacção e troca de dados entre aparelhos, a internet 3G, o mouse sem fio, as estações de radio, os sistemas de alarme de carros e é claro, o próprio wi-fi, o sistema mais conhecido de wireless.
wifi
Wi-Fi 

O nome Wi-Fi foi dado pela WECA (Wireless Ethernet Compatibility Alliance), empresa responsável por organizar as questões de normatização, padronização e compactibilidade das tecnologias de comunicação sem fio entre computadores e também o padrão de internet.

A conexão wi-fi é representada por todo tipo de conexão que obedece ao padrão IEEE 802.11 e todas as suas variantes. Basicamente esse é o padrão que foi definido para que as conexões de internet fossem possíveis pelos dispositivos. A conexão através da wi-fi acontece a partir de um ponto onde existe uma conexão com a internet tradicional, cabeada, e esse ponto é conectado a um transmissor que envia um sinal de internet pelo ar em determinado raio de efectividade.  A difusão desse sinal pode ser feita de forma aberta ou fechada com o uso de senhas ou endereços físicos, também conhecidos por MAC para o acesso.

No entanto, a Wi-Fi apresenta alguns problemas. Ela depende da velocidade máxima que o roteador, o aparelho de transmissão do sinal pelo ar, suporta. Assim, não adianta ter uma conexão alta e de qualidade e um roteador que não a suporta. Além disso, existe um limite de conexões que esses aparelhos suportam, o que deve ser levado sempre em consideração conforme a utilização da rede Wi-Fi. Por último, outro problema é que quanto mais longe do ponto de transmissão do sinal, mais fraco ele será e também a velocidade de conexão tende a ser menor.

Wireless é um termo usado para qualquer rede sem fio e Wifi é um tipo de rede wireless.

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns pelo artigo!
    Sou Brasileiro, moro em Brasília-DF e encontrei seu artigo por acaso de uma pesquisa, gostei muito por ser simples e bem explicativo.
    Sou também do ramo de TI e tenho uma loja de informática, tenho um provedor de internet wireless que está inclusive parado por causa de problemas financeiros, mas um dia Deus ajudará que eu consiga me levantar com esse provedor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here