Samsung fracassa com Note 7? Veja outros falhanços do mundo da tecnologia

0
2360

A Samsung, veio ao público confirmar a suspensão da produção do Galaxy Note 7, que foi apresentado oficialmente em Agosto deste ano, tendo informado que a segurança dos seus clientes é a sua maior prioridade. Mas a história da tecnologia está recheada de fracassos e decepções. Veja alguns dos casos:

Mac Cube

Apesar de seu histórico de êxitos em vendas e inovações a Apple também não está imune aos fracassos.

Power Mac G4 Cube

Uma das maiores decepções da empresa criada por Steve Jobs foi o Power Mac G4 Cube, que apareceu no mercado nos anos 2000 e 2001 e que não foi tão bem recebido por seu público-alvo, profissionais da internet e do design.

O computador durou apenas um ano de vida e, embora tenha rendido diversos prémios a seu criador, Jonathan Ive, por causa de seu design impressionante, acabou por se converter em um fiasco de vendas. Seu lugar ficou reservado ao Museu de Arte Moderna de Nova York- MoMa.

Virtual Boy-Nintendo

O Virtual Boy foi o console maldito da empresa Nintendo, esse lançamento demonstrou que as grandes empresas tecnológicas também cometem erros que, acabam por custar caro.

Nintendo Virtual Boy

Podemos dizer que, o Virtual Boy foi um fracasso completo da Nintendo. Foi até classificado como uma das piores invenções da história, pela revista americana Time.

No entanto, é preciso reconhecer que a fabricante de consoles se adiantou no tempo e idealizou uma espécie de dispositivo de realidade virtual para um mercado que ainda não estava preparado para usá-lo. A tecnologia foi considerada estranha e o design incomodo que causava, literalmente, dores de cabeça.

Os discos Zip

Mais um grande fracasso foram as unidades Zip, dispositivos de armazenamento que chegaram ao mercado na década de 1990 para substituir as disquetes.

Discos Zip

Os dispositivos custavam caro, apresentavam muitos erros, como o chamado “clique da morte”, quando o drive destruía os dados dos discos. Acabaram por ficar obsoletos antes de desaparecer completamente.

Muitos usuários reclamavam, mas a fabricante do dispositivo a Iomega, afirmava que o problema era causado por mau uso. No final os dispositivos desapareceram no mercado.

O MiniDisc da Sony

Minidisc da Sony

Foi um daqueles produtos inovadores que nunca saem completamente de circulação. Entrou para a história como uma tentativa da Sony de migrar das fitas cassete para o formato digital e competir com o CD. O MiniDisc da Sony não alcançou o sucesso esperado, ainda que permitisse gravar e regravar até 80 minutos de música. Entre os problemas estava a dificuldade de encontrar aparelhos compatíveis e a baixa adesão do mercado fonográfico.

Um dos mandamentos no Vale do Silício, a meca da tecnologia mundial, é saber aceitar os fracassos e aprender com eles. O lema “fracasse rápido, fracasse muito” diz tudo sobre a mentalidade dos desenvolvedores do mundo da tecnologia.

Por isso que a Samsung, não teve outra alternativa senão aposentar o recém-lançado smartphone Galaxy Note 7. A produção e venda do aparelho foram interrompidas, depois da série de explosões e incêndios causados pelo super aquecimento na bateria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui