Startup angolana em destaque nas finais globais do ClimateLaunchPad

487

A startup ANGOCULTIVA, que atua no sector da tecnologia agrícola, através da robótica, blockchain, big data e a engenharia, foi um dos principais projetos inovadores em evidência nas finais globais do ClimateLaunchPad, na sua edição mais recente.

Virada a uma solução voltada para sistemas alimentares,  a startup angolana vencedora do ClimateLaunchpad Angola 2022 destacou-se no concurso pelo valor das suas soluções e o quão promissor é o seu projeto de desenvolvimento de tecnologias para a agricultura sustentável e produção fertilizantes orgânicos a partir do lixo e biofertilizantes a partir de bactérias.

A ANGOCULTIVA apresentou as suas ideias diante de um júri internacional pela primeira vez na final regional, destacando o facto de ficarem a frente de mais de 1.900 startups, sendo selecionadas nos 80 melhores projetos em todo o mundo.

A experiência foi boa, estar ligados a outras startups verdes e bem mais estruturadas (vimos  até startups compostas por pessoas que trabalham na NASA) nos fez analisar que  precisamos de trabalhar mais e que não estamos fora do Mapa, chegar até a semifinal e  estar entre as 80 startups mostrou-nos mais uma vez que os angolanos têm potencial e ainda temos muito para dar. Conseguimos com esta participação dar uma entrevista para a RDP África e falar sobre a nossa participação neste concurso. Agradecemos em especial a Acelera Angola, Embaixada da Suécia e EcoAngola“, disse José Coio, cofundador da startup.

MAIS: Conhecidos os vencedores do ClimateLaunchpad Angola 2022

O ClimateLaunchPad é um programa internacional que tem como base apoiar ideias de negócio que reduzam o impacto negativo no ambiente, e são convidadas a participar no concurso startups com ideias de negócio cleantech – relacionadas com energias renováveis, eficiência energética, agricultura, água, transportes, economia circular e muito mais.

Para a edição de 2022, os temas do ClimateLaunchpad Angola foram os seguintes: Tecnologia Industrial, Transporte e Mobilidade, Água e Saneamento, Alimentos e Agricultura, Eficiência Energética e Energia Renováveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui