Tem um produto da Apple? Agora já podes pedir peças genuínas para reparação

0
724

A reparação de um iPhone e de outros equipamentos da Apple nem sempre é um processo simples e funcional. Conseguir a troca de um componente que esteja defeituoso, por um totalmente operacional, por vezes é muito dificil, sem esquecer que depois ficam condicionada por necessitarem de um registo no sistema que apenas pode ser feito nos canais oficiais.

Tendo como base esse problema, reclamado por quase todos os utentes da marca do Iphone, a Apple anunciou ontem(17) o serviço “Self Service Repair”, serviço esse que permitirá aos clientes que se sintam confortáveis em concluir as suas próprias reparações de acesso a peças e ferramentas genuínas da Apple.

De acordo com o comunicado oficial, primeiramente esse serviço só estará disponível para quem tenha um iPhone 12 ou iPhone 13, e em seguida abrangerá os computadores Mac com chips M1, e começa primeiro nos EUA, no início do ano de 2022 e para restantes países será ao longo do mesmo ano.

MAIS: Cofundador da Apple não consegue distinguir iPhone 13 do iPhone 12

A ideia da empresa é juntar os clientes aos mais de 5.000 Fornecedores de Serviços Autorizados da Apple (AASPs) e aos 2.800 Fornecedores Independentes de Reparação que têm acesso a estas peças, ferramentas e manuais.

A fase inicial do “Self Service Repair” ficará centralizado em arranjar os módulos que comummente são reparados, como o ecrã do iPhone, bateria e câmara. Os outros elementos adicionais para serem reparados só estarão disponíveis no final do próximo ano.

“Criar um maior acesso a peças genuínas da Apple dá aos nossos clientes ainda mais escolha se for necessário um reparo”, disse Jeff Williams, Diretor Operacional da empresa.

Nos últimos três anos, a Apple quase duplicou o número de locais de serviço com acesso a peças, ferramentas e treino genuínos da Apple, e agora estamos a oferecer uma opção para aqueles que desejam completar as suas próprias reparações.” acrescentou.

É sabido que a Apple constrói os seus produtos para serem duráveis e suportar rigor extremos do dia-a-dia. Mas quando um produto da empresa precisa ser reparado, o mesmo pode ser feito por técnicos treinados e que utilizam peças genuínas da Apple, espalhados ao redor do mundo, bem como também os Fornecedores de Reparação Independentes e agora, de acordo com essa nova medida da empresa, os proprietários dos produtos já podem reparar os seus aparelhos electrónicos, e com peças genuínas.

MAIS: “A Apple tem de ser parada”, diz CEO da Epic Games

Na mesmo nota a Apple acrescenta que para garantir que um cliente possa efetuar uma reparação com segurança, é importante que primeiro leia o Manual de Reparação. Em seguida, o cliente terá que fazer um pedido para as peças e ferramentas genuínas da Apple usando a Apple Self Service Repair Online Store.

De informar ainda, que todo aquele usuário que enviar os componentes defeituosos, para serem reciclados, receberão um bónus pela operação.

Espera-se que a Apple Self Service Repair Online Store, na sua primeira fase ofereça a compra de mais de 200 peças e ferramentas individuais, permitindo aos clientes completar as reparações mais comuns no iPhone 12 e iPhone 13. A empresa da maça acrescenta ainda que esse serviço é destinado a técnicos individuais com conhecimento e experiência em reparar dispositivos eletrónicos, e que para a grande maioria dos clientes, é recomedando  visitar um fornecedor profissional de reparação com técnicos certificados que usam peças genuínas da Apple, para uma reparação mais segura e fiável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here