“A Apple tem de ser parada”, diz CEO da Epic Games

0
2048

O CEO da Epic Games, Tim Sweeney, marcou presença numa conferência na Coreia do Sul onde aproveitou para criticar publicamente a Apple e a Google – as donas das duas maiores lojas de aplicações para dispositivos móveis.

“A Apple prende milhares de milhões de utilizadores a uma loja e a um processador de pagamentos. Agora, a Apple obedece a leis opressivas estrangeiras, que vigiam os utilizadores e os privam de direitos políticos. Mas a Apple está a ignorar as leis que passam pela democracia coreana. A Apple tem de ser parada”, afirmou Sweeney ao público.

MAIS: Tribunal obriga Apple a permitir opções de pagamento externas na App Store

Sweeney ainda se referiu à recente lei aprovada na Coreia do Sul que pretende obrigar a Apple a usar plataformas de pagamento externas. Apesar de já ter passado o prazo de resposta da Apple, a tecnológica de Cupertino ainda não se pronunciou sobre o tema.

A Google também não foi esquecida pelo CEO, que considera a empresa como “louca” pela forma como processa pagamentos dentro das apps disponíveis na Play Store.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui