Unitel elege as melhores Aplicações de Angola

2955

Unitel-appsA Unitel, operadora móvel líder no mercado angolano, elegeu nesta quarta-feira 05 de outubro, as melhores aplicações criadas por angolanos, no âmbito do concurso “Unitel Apps Angola”, que foi lançado a 01 de agosto do ano em curso com objectivo de promover o que de melhor se faz no sector de tecnologia, inovação e desenvolvimento em Angola.

Tony Dalton, director geral da Unitel, na sua mensagem de abertura disse estar contente pelo desempenho dos participantes, encorajou todos os participantes a continuarem a desenvolver mais aplicativos para o mercado nacional de tecnologia, pediu para aqueles que, não ganharam para que não fiquem parados e que continuem sempre a inovar no desenvolvimento de tecnologia no país.

A cerimónia de avaliação e entrega dos prêmios decorreu nesta quarta-feira, na sede da Unitel, localizada em Talatona- Luanda capital de Angola. Teve como membros de juri: A Srª Mónica Casquiro, o Srº Juelson Bartolomeu e o Srº Lukeny Louris. Contou com a apresentação dos nove projectos finalistas do concurso, dentro de três diferentes categorias: Apps, Responsabilidade Social e jogos.

Vencedor da categoria de Apps:

A dupla formada pelos criadores Panzo Garcia e Luísa Alfinete, sagrou-se vencedora dessa categoria. A dupla desenvolveu um aplicativo denominado “Projecto Kafokolo”, baseado em gestão de micro-finanças pessoais. Um aplicativo que tem como objectivo impulsionar os usuários nacionais a gerir mais as suas finanças, o aplicativo possui três opções que são: Registros de Ganhos, onde o usuário poderá notar todos os seus ganhos financeiros; Registro de Gastos que permite com que o utente possa a notar todos os seus gastos financeiros e por último é possível encontrar a opção de poupança, o aplicativo estará acumular todas as poupanças.

Unitel AppsVencedor da categoria de Responsabilidade Social:

Adilson Otávi, foi o grande vencedor o programador  desenvolveu um dicionário virtual chamado “Zwela” que tem como objectivo traduzir em várias línguas nacionais tais como: Kikongo, Kimbundo, Umbundo, etc. e em português, ou seja o utilizador pode escrever uma palavra em uma língua nacional e escolher em que língua é que deseja ser feita a tradução, pode ser por exemplo de Kikongo para Kimbundo, Kikongo para Português e vice-versa. o aplicativo conta ainda com a possibilidade do usuário sugerir uma palavara em uma língua nacional que não esteja no aplicativo, caso o usuário não pretenda escrever o Zwela conta com a opção de aúdio que permite usuário dizer uma palavra e o  aplicativo traduzir. Segundo o programador, está a trabalhar no sentido de implementar mais línguas estrangeiras.

Unitel Apps

Vencedor da categoria de Jogos: 

A dupla Rui Neto e Osvaldo Marreiros, sagrou-se vencedora dessa categoria, os dois desenvolveram um jogo baseado na música angolana e o mesmo chama-se Vozes de Angola. Um jogo que possui categorias de estilos musicais, desde Semba, Kuduro, Rap e Kizomba. O usuário deverá escolher uma das categorias e com base nisso terá perguntas onde será possível ouvir uma música durante apenas trinta segundos e depois disso dizer o titulo da mesma, existe ainda algumas opções onde se por ventura o usuário não souber o titulo em mente, escolher uma ajuda que é a repetição da música, escolher que o aplicativo lhe deia a primeira letra do titulo ou ainda escolher que o aplicativo elimine as letras que não fazem parte da palavra com o qual se escreve o titulo da música em que estiver a jogar.

Unitel Apps

Juelson Bartolomeu um dos membros do júri, disse no final da cerimónia que a Unitel vai trabalhar com os vencedores para melhorar mais ainda os aplicativos vencedores, depois vai colocá-los  na loja de venda de aplicativos do Google, PlayStore e no percurso de três meses avaliar aceitação do público. Cada categoria teve um prémio de 500.000 Kzs, que serão convertidos em produtos da Unitel.

O MenosFios felicita todos participantes e a empresa Unitel pela realização do concurso, desejamos muita coragem para aqueles que não foram os vencedores, que continuem a desenvolver, inovar e criar cada vez mais aplicativos para o mercado nacional.