Visualize o campo de força do MacBook

1944

test

Os designers Lucas Sturgeon e Shamik Ray do Instituto de Design de Interação em Copenhagen (CIID) conseguiram visualizar o campo de força de cargas magnéticas e eléctricas emitidas pelo portátil da Apple, o famoso MacBook. Poderiam ter escolhido qualquer outro gadget para testar, mas a sorte ditou que fosse esse… A Apple sempre a subir, certo?

O projecto faz parte de um Workshop no CIID onde os alunos foram questionados sobre a visualização dos fenómenos invisíveis no quotidiano, então para capturarem tais fenómenos, Sturgeon e Ray passaram três dias numa sala escura e silenciosa a experimentar diferentes técnicas para a captura dos mesmos, o alvo foi a ferramenta de trabalho de muitas pessoas, o MackBook. Para auxiliar neste processo eles também contaram com um aplicativo da plataforma Android que tivera sido desenvolvido por eles.

O smartphone, com os seus sensores magnéticos, actuou como uma espécie de “escova de luz“, que reagiu com base na força do  campo electromagnético. Para capturar o raio de luz eles lentamente arrastaram o smartphone sobre o dispositivo e aguardaram a imagem de longa exposição para ser processada e com o auxilio de uma câmera foram capturando imagens sequenciais como mostra o vídeo.

Eles concluíram dizendo que embora as imagens sejam bonitas, as informações que podemos recolher a partir delas ainda é um abstracto. Sturgeon disse que eles ainda não têm uma maneira de quantificar o quão forte é cada campo electromagnético, porém ele observou que o campo electromagnético a partir do disco rígido do MacBook foi tão forte que iria parar o sensor magnético do telefone. Em última análise, a equipe gostaria de usar a pesquisa para criar um método padronizado de monitorar visualmente os campos electromagnéticos de um dispositivo.

“Nós gostaríamos de definir uma linguagem visual adequada e consistente, que pode ser usado para medir e comparar a qualquer tipo de objeto que emite um campo magnético”.

Essa é a “magia” da ciência….

Fonte: Wired

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui