África Code Week está de volta em Angola na sua 3ª edição

0
1616

No ano passado, cerca de 1,3 milhões de jovens africanos aprenderam a codificar graça à iniciativa do África Code Week que também passou por Angola, e para este ano o programa regressa na sua terceira edição.

Com cerca de 12 853 jovens engajados em Angola nos últimos dois anos, considera-se que a iniciativa Africa Code Week foi um retumbante sucesso no País e isto é uma boa prova do impacto das parcerias público-privadas em estratégias de capacitação na era digital.

A iniciativa foi já abraçada pelos Ministérios de Educação (MED), Ensino Superior Ciências Tecnologias e Inovação (MESCTI) assim como o das Telecomunicações e Tecnologias de Informação (MTTI). Graças à colaboração exemplar de diversos organismos governamentais e privados, centenas de professores foram formados em Angola com conteúdos e materiais de aprendizagem práticos que podem ser facilmente integrados no currículo escolar.

Tal como nos últimos dois anos passados, o Africa Code Week 2018 em Angola realizar-se-à em duas fases:

A primeira vai decorrer de 18 à 19 de Setembro e que consiste na Capacitação de Formadores e DocentesAs sessões de formação desta fase irão se realizar na Mediateca de Luanda (Largo das escolas) e serão conduzidas por especialistas ligados à empresa SAP e a um organismo sul-africano que é um dos parceiros do Projecto. Nesta formação, com uma duração de 3 horas por sessão, serão leccionadas matérias sobre Pensamento Computacional, Scratch e Competências essenciais para o Século 21.

A segunda fase irá decorrer, entre os dias 15 à 26 de Outubro de 2018, em várias províncias do País e vai consistir na capacitação de crianças e jovens em escolas, igrejas e outros locais. Estas acções de capacitação serão asseguradas pelos formadores e professores que foram treinados na primeira fase.

Por outra, a organização está a preparar também um mini concurso de programação (“Hackaton”) que vai decorrer durante o mês de Outubro sendo a sua sessão final agendada para os dias 29 e 30. Neste concurso, poderão participar todos os programadores nacionais que o queiram, sendo simplesmente necessário que as suas aplicações sejam viradas para a resolução de problemas sociais. O regulamento deste concurso será divulgado atempadamente nas próximas semanas (isto é, antes do final deste mês de Setembro).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here