[Análise] A Unitel vai ligar Angola ao Brasil e EUA em parceria com a Google!?

1
2998

isabel-dos-santos-ceo-unitel

Durante o Global Entrepreneurship Summit, um evento que reúne mais de 3 mil empresários e governantes de todo mundo, Isabel dos Santos, CEO da nossa conhecida Unitel afirmou o seguinte:

Estamos envolvidos numa parceria com a Google para lançar um cabo submarino de fibra óptica que vai ligar África ao Brasil e o Brasil à América

Imediatamente começaram a surgir as notícias na imprensa internacional sobre o projecto que a Unitel está a desenvolver com a Google, cujo início oficial data de há duas semanas. Quando li a notícia pela primeira vez, fiquei um pouco confuso, será que um projecto tão grande teria passado despercebido por tanto tempo? Mas rapidamente percebi que estava meio mundo a falar do projecto SACS (South Atlantic Cable System), que está a ser implementado pela AngolaCables.

Então por que a CEO da Unitel afirma ter uma parceria com a Google!?

Para entender isso precisamos de analisar a estrutura da AngolaCables, que foi formada por um conjunto de empresas bem conhecidas por aqui:

  1. Angola Telecom com 51% do capital
  2. Unitel com 31%,
  3. MSTelcom com 9%
  4. Movicel com 6%
  5. Startel com 3%

Fica bem claro que a Unitel é a segunda maior accionista da AngolaCables e estando a CEO a representar a sua empresa, claro que ela não faria uma publicidade de outras empresas neste grupo.

A Google entra nesta história como a representante Norte Americana do consórcio multinacional onde ainda aparece a Algar Telecom (Brasil), Anatel (do Uruguai), e a Angola Cables.

SACS

Segundo a Angola Cables:

Projecto SACS (South Atlantic Cable System) que irá unir Angola ao Brasil, é um cabo de fibra óptica submarina com cerca de 6.000km que vai permitir ligações directas entre África e o continente Sul Americano.
Este projecto representa um ciclo de inovação sem precedentes no panorama das telecomunicações da região, criando rotas alternativas de acesso a Africa e à América Latina. A Angola Cables irá investir cerca de $160 milhões de dólares neste projecto.

Veja na integra o comunicado oficial da AngolaCables a informar que o projecto tinha arrancado na prática.

Outros artigos a “provarem” que o projecto é responsabilidade da AngolaCables:

Bom, a notícia já se espalhou pela imprensa mundial, anunciando que a parceria é entre a Unitel e a Google. E agora, Angolacables?

1 COMENTÁRIO

  1. Espero,que melhore a internet em Angola,tambem a Latencia em Jogos online como Counter Strike,Point Blank Br e outros onde o meu Ping varia nos 460~500ms devido a distancia do server.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here