[Análise] Kamba 2: A aposta da 7 Mobile na performance.

1083

A 7 Mobile tem trazido Smartphones (e outros gadgets!) projectados para o mercado Angolano. Nomes como Kamba, Swegue, Drena, Txilo… são apelativos e vários utilizadores ficam curiosos para testar estes dispositivos. Em 2017 fizemos a análise de 2 smartphones da 7 Mobile: Kamba e Swegue. Depois da consolidação no mercado, recebemos no início de 2019 uma nova versão do smartphone Kamba. Curiosos para saber o que há de novo?!
Se não esteve atento, o Unboxing do Kamba 2 foi publicado aqui…

Características gerais do “Kamba 2”

Tal como o seu antecessor, 7 Mobile Kamba 2 é um smartphone de gama média, que conta com um ecrã de 5.0 polegadas, suporte a 2 cartões nano SIM, câmara traseira dual de 13 megapixels + 2 megapixels e na câmara frontal de 5 megapixels. Um verdadeiro salto em relação ao modelo anterior que tinha 5 e 2 megapixels para as câmaras traseira e frontal, respectivamente.

O smartphone promete cumprir as tarefas mais básicas do dia à dia, por um preço inferior a 50 mil AKZ.

Especificações completas
Banda 2G: 850/900/1800/1900MHz,

3G: WCDMA 900/1900/2100MHz,

4G: FDD Band 1/3/7/8/20

Processador MT6739 Quad Core, 1.3GHz
Memória RAM RAM 3GB RAM
Memória ROM 16GB ROM
Ecrã 5 inch HD IPS, 720*1440Pixel
Câmara 5.0MP (Frontal) + 13.0MP+2MP (Traseira)
Bateria 3000mAh, 5V1A
SIM Dual – NanoSIM
Sistema Operacional Android 8.1, Oreo

 Conteúdo da caixa

  • 1. Smartphone Kamba 2
  • 1. Adaptador AC/DC (Carregador)
  • 1. Cabo USB/Micro USB
  • 1. Auriculares
  • 1. Manual do utilizador
  • 1. Certificado de garantia

Hardware e Design

O Kamba 2 manteve-se fiel ao design original, bordas com curvatura acentuada,  botões físicos para “ligar/desligar” e Volume “Cima/Baixo” (todos posicionados no lado direito do smartphone). A entrada para os auriculares (Audio Jack 3.5mm) e entrada microUSB estão posicionadas na parte de cima do smartphone, deixando os altifalantes para a parte inferior.
A estrutura do smartphone é de metal, com excepção da parte traseira, de plástico, que tem de ser removida para inserirmos os cartões nanoSIM e MicroSD.
Há duas opções para quem comprar o Kamba 2:
  • usar apenas um SIM Card + Cartão MicroSD para expandir a capacidade de armazenamento
  • usar dois SIM Cards e abdicar do armazenamento extra. Veja mais detalhes no manual de utilizador.

Desempenho

O 7Mobile Kamba 2 traz o Android 8.1, sem alterações profundas (algo que os utilizadores podem agradecer!). As alterações da IU são visíveis nos papéis de parede, com logótipo da 7 Mobile desde a altura em que ligamos o smartphone.

Quanto ao desempenho, lembrem-se que estamos a falar de um smartphone de gama média/baixa, com 2GB de RAM. Simulamos o máximo situações da vida real, em que um utilizador teria abertas algumas aplicações como: Mensagens, Facebook, Instagram, Snapchat, Twitter, Câmara e dois jogos. Com todos estes aplicativos a trabalharem (alguns em segundo plano, como não podia deixar de ser), o smartphone não bloqueou. No entanto, há que ter atenção, sempre que a memória RAM estiver a ser consumida no limite, o smartphone poderá não ter um desempenho fluído.

Resultados de benchmark

Usamos os mesmos testes de performance para comparar o desempenho do Kamba 1 e 2.

AnTuTu v.6.2.7
Resultado: 40080 (contra os 24988 da primeira versão)

Geekbench 4
Resultado Single Core: 608 (contra os 422 da primeira versão)
Resultado Multi Core: 1664 (contra os 1231 da primeira versão)

Fica claro que a melhoria no processador e na memória RAM melhoraram o desempenho do Kamba 2.

Câmaras

As câmaras, itens tão aguardados pelos utilizadores, não ficaram fora do radar de mudanças da 7 Mobile. O Kamba 2 traz uma câmara traseira dual de 13 megapixels + 2 megapixels, comprimento focal de 3.4mm (o mesmo para a frontal), abertura de F/2.0, que funcionou bem, excepto em locais com pouca luz, aí a solução foi ligar o Flash, onde tivemos fotos nítidas. A Câmara frontal sofreu um upgrade, tem agora 5 megapixels, no entanto, esqueça as selfies em locais com pouca luz.

Autonomia da bateria

A Bateria do Kamba 2 é de 3000mAh , melhor do que os 2000mAh da primeira versão. Em utilização intensa,  com 4G ligado, conseguimos mais de 10 horas, com as configurações do brilho/iluminação no modo automático. Sem dados 4G, usando apenas ligações Wi-Fi para dados, conseguimos atingir cerca de 38 horas (com utilização moderada). Portanto, como se tornou regra, o ideal será recarregar o smartphone de 24 em 24 horas.
Falando em 4G…
Para quem precisa de velocidade, o Kamba 2 consegue garantir, em poucos testes usando as redes 4G em Angola, atingimos acima de 48 Mbps (Down) e 8 Mpbs (Up).

Conclusão

Não há como negar, avaliado em 46.000,00 AKZ, o Kamba 2 é aliciante para quem procura um smartphone de baixo custo.

Pontos Fortes:

  • Desbloqueio por impressões digitais e por reconhecimento facial, sem falhas, baixo tempo de resposta.
  • Desempenho melhorado! A gestão da memória RAM está eficiente nesta versão, com várias apps abertas, o funcionamento não foi contribuído.
  • Autonomia da bateria
Pontos de melhoria:
  • Uma bateria com maior autonomia traz a questão do carregamento lento, saímos de 0% à 100% de carga em 3 horas e 20 minutos. “Fast Charging” na versão 3.0 do Kamba?
  • Remover o cartã nanoSIM na entrada um do Kamba pode ser difícil, utilizadores mais descuidados poderão danificar as ranhuras para leitura do cartão.
  • Alguns termos em Inglês (mesmo escolhendo o idioma “Português”) nas definições do Smartphone poderão criar dificuldades aos utilizadores.

Tem contribuições sobre esse smartphone? Comente abaixo…