Angola Cables desmente a notícia sobre novo cabo submarino Fortaleza-Luanda

0
909

Angola Cables veio oficialmente negar uma notícia do Diário do Nordeste que dava conta do plano para a construção de um novo cabo submarino de Luanda (Angola) a Fortaleza (Brasil). A empresa informou que, segundo o seu plano estratégico, não há actualmente previsão de investimento em novos cabos submarinos ou de uma expansão do Centro de Dados AngoNAP no estado brasileiro do Ceará. No entanto, a empresa confirmou que os seus representantes tinham feito uma visita recente ao Brasil.

Durante essa visita, representantes da Angola Cables reuniram-se com a Secretaria de Desenvolvimento Económico e do Trabalho (SEDET), a Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia, e a Secretaria Executiva do Comércio, Serviços e Inovação da SEDET e ETICE (Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará). Os executivos da empresa reforçaram o potencial do Ceará para a sua localização estratégica no panorama das telecomunicações, e a importância que a capital, Fortaleza, tem para a educação, ciência e negócios.

No entanto, Angola Cables disse que, segundo o plano estratégico da empresa, neste momento, não há previsão de investimento em novos cabos submarinos ou de qualquer expansão do Centro de Dados AngoNAP.

“A Angola Cables esclarece que dentro do plano estratégico da companhia, no momento, não há previsão de investimento em novos cabos submarinos ou ampliação do AngoNAP Data Center no Ceará. A empresa tem apostado em acelerar sua oferta de serviços de interconexão e vem desenvolvendo novos produtos para a área de TIC relacionados à segurança, storage e backup, criando condições para cache local de conteúdo no Data Center AngoNAP pronto para utilizar a rede de ultra baixa latência e conexão de Internet Exchange (IX) Mundiais. É com essa estratégia relevante que a Angola Cables se prontifica a atender organizações públicas e privadas que se beneficiam dos mais de 84 mil km de fibra ótica do Cinturão Digital do Ceará.”

Em nota oficial recebida pela equipe do MenosFios, a empresa reforça que a a notícia inicialmente veiculada tem informações “retiradas de fontes que não são fidedignas“:

A notícia veiculada pelo jornal Diário do Nordeste no Brasil, com referência de que a Angola Cables iria instalar um novo cabo entre Angola e Fortaleza no Brasil é falsa, especulativa e baseada em fake news retiradas de fontes que não são fidedignas. A Angola Cables contactou o meio local informando de que não foi esse o conteúdo da reunião com o Governo do Ceará e por isso não suporta qualquer notícia nem qualquer meio que informe com conteúdos dessa natureza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here