Angola Cables testa a primeira conexão entre os EUA e África

0
925

Angola Cablesempresa nacional de telecomunicações testou a primeira conexão de fibra óptica entre os EUA e África usando o cabo SACS.

Uma declaração divulgada pela Angola Cables e Nokia explica que o chipset Photonic Service Engine 3 (PSE-3) da Nokia foi testado para facilitar a conectividade, que, de acordo com as empresas, “fornece roteamento direto e de baixa latência e simplifica bastante a activação e os serviços para atender melhor os mercados de consumo de dados em rápido crescimento em África “.

O SACS, de propriedade e gerenciado pela Angola Cables, opera entre Fortaleza, Brasil e Luanda, Angola e está conectado ao AngoNAP Data Center. O MONET, de propriedade do consórcio, conecta Santos / Fortaleza no Brasil com a Flórida nos EUA.

“Os novos serviços alavancam a interconexão de dois sistemas de cabos submarinos existentes – SACS (South Atlantic Cable System) e MONET. A combinação de sistemas submarinos SACS e MONET permite 300 Gbps de tráfego entre Miami e Luanda”, afirma Angola Cables, acrescentando que o teste aumenta a capacidade de uma rede já de baixa latência.

Fernando Azevedo, director técnico da Angola Cables, disse que “com o PSE-3 da Nokia, a empresa pode interconectar opticamente os cabos de fibra óptica submarinos MONET e SACS, o que permite mais capacidade e uma redução adicional na latência entre os provedores de conteúdo da América do Norte e os mercados crescentes de consumo de dados em África”.

Sam Bucci, chefe de redes ópticas da Nokia, é de opinião que “África é um mercado de crescimento estratégico para a Nokia”. Em Novembro de 2019 , a Angola Cables e a Nokia confirmaram que o roteamento de fibra óptica entre Angola e Miami estava disponível para uso comercial.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAngola terá primeiro banco digital
Próximo artigoO que vem a seguir para o Windows 10?
Daniel Afonso Geto Estudante de Engenharia de redes e telecomunicações escreve sobre tecnologia precisamente por ser a sua área de formação, ser algo que ama fazer e para si é um previlegio fazer parte do maior site angolano de notícias ligadas à TIC.Partindo do princípio, parar é morrer, é também detentor das certificações: Administração de Redes, CCNA Routing, CCNA Switching e CCNA Security.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here