Angola conquistou medalha de ouro na 70ª edição da feira internacional de IENA

0
1549

Em 2017 Angola arrebatou nove medalhas na feira internacional da Alemanha (IENA), na referida edição, as ideias, invenções e produtos que a comitiva Angolana levou para esta 69ª edição, representaram cerca de 70% em mecatrónica, sendo os restantes 30% para as áreas de química, ciências sociais e humanas.

Já a 70ª edição acolheu oitocentas ideias, invenções e novos produtos, das quais 11 de Angola, estiveram expostas de 1 a 4 deste mês, em Nuremberg, República Federal da Alemanha. O projecto “Cluster de estações de trabalho com nós virtuais como uma solução de baixo custo para o ensino em Angola“, da Universidade Óscar Ribas, foi distinguido com uma medalha de ouro na 70ª edição da Feira de Ideias, Invenções e Novos Produtos (iENA).

De acordo com uma nota de imprensa, no geral foram três medalhas, sendo duas de prata atribuídas aos projectos “Resgate da Cultura – Software”, do Instituto Superior Independente da Huíla e o “Efeito da Moringa na resistência insulínica”, da Universidade Metodista de Angola.A iENA, é considerado uma das maiores plataformas sobre ideias, invenções e novos produtos no mundo, onde Angola tem granjeado desde 2009 prestígio de elevada magnitude, justificado pelas 67 medalhas, sendo 12 de ouro, 25 de prata e 30 de bronze e dois certificados de distinção, outorgados aos expositores Angolanos.
Para este ano o país contou com uma delegação composta por 12 participantes, entre técnicos do Centro Tecnológico Nacional, inventores/criadores free lancers, bem como do Centro de Pesquisa em Políticas Públicas e Governação Local da Universidade Agostinho Neto, Instituto Superior Independente da Huíla, Instituto Politécnico do Cunene, Universidade Agostinho Neto, Universidade Metodista de Angola e Universidade Óscar Ribas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here