Angola contará com um sistema aduaneiro automatizado

1249

Paulatinamente os serviços públicos do país estão a ser automatizados, e agora a Administração Geral Tributária (AGT) decidiu lançar em todas as estâncias aduaneiras localizadas no Aeroporto Internacional de Luanda. Hoje está a ser lançado um o sistema integrado de gestão que automatiza todos os processos e procedimentos da actividade aduaneira denominado “ASYCUDA World“.

Para que servirá exactamente o sistema ASYCUDA?

Entre as diversas utilidades, o ASYCUDA contribui para o aumento da eficácia, impulsiona o crescimento e o controlo das transacções e potencia a maximização da segurança em mais de 90 países. Com a implementação deste sistema, que permite a gestão de todo o processo de desalfandegamento de mercadorias de forma célere e automatizada, se augura que os intervenientes na cadeia do comércio internacional insiram os dados das mercadorias sujeitas a tratamento aduaneiro directamente no sistema (ASYCUDA).Hoje, a III Região Tributária implementa a funcionalidade aérea do ASYCUDA nas delegações Aduaneiras do Terminal de Cargas do Aeroporto de Luanda, das Encomendas Postais e do Piquete de Passageiros do Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro.

Quais serão os ganhos com a implementação deste sistema?

Com a implementação do ASYCUDA World, a AGT deixa de registar manifestos e DU (Documento Único) novos nos sistemas legados, que passam a ser mantidos apenas para a conclusão dos processos iniciados antes das datas de implementação do actual sistema. Um dos objectivos principais do sistema é a criação de uma plataforma única para o tratamento do processo de desembaraço aduaneiro, como gestão do manifesto de carga, tramitação do documento único e gestão dos pagamentos de encargos aduaneiros.Além dos benefícios próprios de um sistema com arquitectura centralizada, espera-se que a implementação da versão World do sistema ASYCUDA nas estâncias aduaneiras acelere a simplificação dos procedimentos de desalfandegamento de moeda, papel-moeda, diamante e outras pedras preciosas e semi-preciosas, que passam a ser feitos mediante elaboração de uma Declaração Aduaneira, sem exigência de submissão de requerimento para o seu desembaraço.

Ansioso para sentir as melhorias que este sistema irá trazer?