Angosat-2 poderá ser lançado antes das próximas eleições gerais

1167

O Angosat-2 poderá ser lançado antes das próximas eleições gerais do país, programado para Agosto próximo, onde actualmente está na fase final de testes, o penúltimo antes de ser dado como pronto, nas instalações da ISS Reshetnev, na cidade “fechada” de Zheleznogorsk, próximo de Krasnoyarsk, na região centro/sul da Sibéria, na Rússia, revela o Jornal Expansão.

Segundo o que foi informado, está também a ser testado o funcionamento durante o lançamento, nomeadamente o comportamento do satélite face às oscilações de temperatura, que podem ir de menos 100 graus a mais 100 graus celsius.

De informar que o Angosat-2 está feito acima dos 80%, e tem algumas inovações e correcções dos erros cometidos no Angosat-1, nomeadamente uma transmissão sete vezes mais do que o primeiro aparelho, que tinha 16 “transponders” (retransmissores) na Banda C e seis na Banda KU.

MAIS: Angosat-2: Concluída a construção da antena para os Testes em Órbita

O Angosat-2 terá ainda seis “transponders” na Banda C, 24 na Banda KU e, como novidade, será acrescentado um retransmissor na Banda KA.

Com o peso total de duas toneladas, o Angosat-2 será ainda um satélite de Alta Taxa de Transmissão (HTS) e disponibilizará 13 gigabytes em cada região iluminada (zonas de alcance do sinal do satélite). O satélite será baseado na plataforma Eurostar-3000 e o tempo de vida útil será de 15 anos.

A construção deste novo satélite não trouxe custo para o Estado angolano, pelo facto de o contrato de mais de 300 milhões de dólares, rubricado com a parte russa, para construção do Angosat-1, ter acautelado os interesses de Angola, em caso de desaparecimento ou destruição do satélite.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui