Aumento de casos de COVID-19 adia feira da IENA 2020

0
883

Nos últimos anos, Angola tem participado activamente na Feira de Ideias, Invenções e Novos Produtos (iENA), na sua 71ª edição que decorreu em 2019, vários trabalhos de investigadores angolanos atraiu interesse, ao ponto de serem galardoados com seis medalhas de ouro, também uma de prata e duas de bronze.

Com o surgimento do COVID-19, muitos dos grandes eventos a nível nacional e internacional foram cancelados ou adiados, e agora a IENA encontra-se numa das referidas situações. A Feira Internacional de Ideias, Invenções e Novos Produtos (IENA), para a qual Angola já tinha inscrito, em Setembro, 19 projectos voltados ao tratamento da COVID-19, foi adiada por conta da subida do número de infectados naquele país europeu, que voltou a encerrar várias actividades.

Uma nota à imprensa, da comissão angolana indicada a participar do evento, que cita a Direcção da AFAG – Feiras e Exposições GmbH, de Nuremberga – República Federal da Alemanha, empresa gestora da Feira ee IENA, tornou público o cancelamento da edição número 72 da “IENA 2020”.

A presente edição estava marcado para de 29 de Outubro a 1 de Novembro deste ano.

Angola perspectivava participar com 19 projectos intrínsecos ao desenvolvimento de tecnologias integradas para sistemas de alerta relacionados com as cheias, aplicativos de natureza múltipla (relacionados com o sistema de segurança electrónica e processos de fiscalização de actividades hospitalares).

Outros projectos de Angola têm a ver com o apoio na sistematização dos processos de arrecadação de receitas no ambiente da economia informal. De igual modo, com alertas da covid-19, máscaras faciais reutilizáveis, assim como a proposta fitoterapêuticas para cura e imunização da referida pandemia.

Os projectos inscritos por Angola são da autoria de investigadores e docentes das Universidades Agostinho Neto (7 projectos), Metodista de Angola (6 projectos), inventores do Complexo Escolar Eliada (2 projectos), SEAKA – Casa de Caminho Andre Luiz (3 projectos) e Técnicos da Empresa I&IT – Investigação, Tecnologia e Inovação (1 projecto).

A República de Angola participa na iENA – Alemanha, desde 2009 e venceu um total de 79 medalhas, sendo 19 de ouro, 28 de prata e 32 de bronze, até 2019.  Com este adiamento, Angola pode interromper um ciclo de dez anos de participação ininterrupta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here