Bitcoin: Apenas 0,01% dos utilizadores controlam 27% das moedas em circulação

0
1300

Um estudo do Departamento de Pesquisa Económica dos EUA concluiu que uma franja muito pequena de utilizadores de da criptomoeda Bitcoin, nomeadamente 0,01%,  detêm 27% das criptomoedas actualmente em circulação, revela o The Wall Street Jornal.

Segundo aquele jornal norte-americano, o relatório mostrou que a maior parte da fortuna em Bitcoins está concentrada em apenas 1% dos utilizadores, mostrando que as principais dez mil carteiras de Bitcoin que existem no momento, detêm, em conjunto, cinco milhões de moedas, o equivalente a 232 mil milhões de dólares.

Para os especialistas, o universo total de utilizadores de Bitcoin ascende aos 114 milhões e, destes, 0,01% controlam 27% das 19 milhões de Bitcoin que já foram mineradas.

MAIS: Presidente do El Salvador quer construir a primeira Bitcoin City do mundo

Os professores Antoinette Schoar, do MIT Sloan School of Management, e Igor Makarov, da London School of Economics, foram os investigadores que conduziram a realização desse relatório, que é o primeiro do género a incidir sobre essa criptomoeda, tendo sido mapeadas e analisadas todas as transações que envolveram Bitcoin.

Ainda no estudo, os investigadores informam que esta concentração faz com que a rede Bitcoin esteja mais suscetível ao risco sistémico e, em segundo lugar, um grupo restrito de utilizadores consegue a maioria dos ganhos obtidos com o aumento do preço e o aumento da adoção da moeda – o que acaba por contradizer parte da ideia de descentralização económica que está associada à criação da divisa digital.

Tendo como base as últimas cotações das bolsas de valores, o Bitcoin está a valer quase 69.000 dólares, e nesses 14 anos de existência vem com o rótulo de ser uma moeda livre de formato digital e sem controlo central.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui