Centro tecnológico da Huawei vai formar mais de 5000 jovens por ano

0
1945

A empresa chinesa Huawei prevê formar anualmente mais de cinco mil jovens angolanos, com a entrada em funcionamento do seu parque tecnológico no país.

Localizado no Distrito Urbano de Talatona, em Luanda, o centro de inovação tecnológica está avaliado em mais 65 milhões de dólares americano (25.500.000.000.00 de Kwanzas), e vai ter nas suas estruturas escritórios, centros de treinamento e alojamento para capacitar jovens talentosos nas aéreas tecnológicas, e onde para assegurar o funcionamento integral do parque, a Huawei  já tem à  disposição  53  funcionários angolanos, maioritariamente engenheiros, formados em Angola e em outras partes do Mundo.

Para Manuel Homem, o  ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social e que na semana passa visitou as instalações do Centro Tecnológico, reiterou que a formação e capacitação de quadros angolanos é um dos grandes investimentos feito a nível nacional, uma vez  que poderá dar resposta às necessidades do mercado nacional.

O Governante disse que a instalação do centro vai proporcionar a formação de mais de 500 jovens mensalmente, capacitando-os para responder aos desafios do sector, assim como a  importação da mão de obra qualificada, salientando que a certificação que será feita no centro tecnológico permitirá a absorção dos profissionais formados na instituição no mercado.

MAIS: Namibe. Huawei reabilitará sala de informática da escola Welwitchia Mirabilis

Manuel Homem frisou ainda que o investimentos é uma  iniciativa que deve ser incentivada, visto que cria competências locais que permitem cada vez mais com que os angolanos tenham condições de dar respostas as iniciativas de investimentos das  grandes empresas.

O ministro explicou também que o esforço que a multinacional fez para se estabelecer no país é o resultado da  estabilidade  do ecosistema  económico e financeiro registado a nível de Angola. O parque contribuirá para a a transformação digital em África, tecnologia 5G e a implementação digital dos órgãos governamentais, acções necessárias para o país  atingir um desenvolvimento sustentáve.

De informar que a construção desse Centro Tecnológico e a formação de talentos faz parte do projectos que a empresa chinesa está  desenvolver em Angola, de modo a criar competências a nacionais, a inclusão digital e condições para a implementação de variadas tecnologias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui