Conheça alguns mitos e verdades sobre as redes Wi-Fi

1319

O uso do Wi-Fi tornou-se um dos principais caminhos de acesso à Internet e a sua utilização está bastante difundida. No entanto, por trás dessa tecnologia há algumas dúvidas que circulam na mente dos usuários.

Conheça a seguir alguns mitos sobre a tecnologia Wi-Fi.

  • É preciso parar de utilizar as redes Wi-Fi públicas?

A resposta simples aqui é: não, não precisa parar de usar Wi-Fi público. Porém, o usuário precisa tomar algumas precauções ao utilizar esse tipo de conexão. Isso por conta da falta de segurança que elas possuem, se comparadas as redes privadas.

  • As redes Wi-Fi têm efeitos nocivos para a saúde?

Um dos primeiros mitos na utilização das redes Wi-Fi, é que as mesmas fazem mal à saúde. Na verdade, até aos dias de hoje, ainda não há qualquer estudo fiável que relacione problemas de saúde com essa tecnologia.

  • As redes Wi-Fi dos estabelecimentos são sempre seguras?

Na verdade, depende. Isso porque nem sempre uma rede Wi-Fi de um estabelecimento como uma livraria ou um shopping estão devidamente protegidas e garantem que usuários indevidos acessem-na. Além disso, é complicado definir se uma rede Wi-Fi é legítima ou não. Isso porque, muitas vezes, locais públicos como shoppings possuem diversas redes disponíveis.

  • É muito simples quebrar a segurança de uma rede Wi-Fi?

 O protocolo Wi-Fi mais poderoso da actualidade, o WPA2, já foi quebrado, mas para quebrar uma rede Wi-Fi com este protocolo é preciso ter conhecimentos avançados e também poder computacional e tráfego para analisar. Entretanto também já foi homologado o WPA 3 que garantirá a melhor segurança das redes Wi-Fi.

  • Colocar o router num local alto melhora o sinal?

Sim, a difusão da rede Wi-Fi é melhor se o router estiver localizado no alto, pois permite o “efeito guarda-chuva”.  Quanto mais próximo do local onde estão os seus aparelhos, melhor: as ondas navegam melhor de baixo para cima e para os lados.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNASA confirmou que encontrou gelo na lua
Próximo artigoQuais as diferenças entre o VPN e o Proxy?
Daniel Afonso Geto Estudante de Engenharia de redes e telecomunicações escreve sobre tecnologia precisamente por ser a sua área de formação, ser algo que ama fazer e para si é um previlegio fazer parte do maior site angolano de notícias ligadas à TIC.Partindo do princípio, parar é morrer, é também detentor das certificações: Administração de Redes, CCNA Routing, CCNA Switching e CCNA Security.