Conheça as 12 carteiras digitais em Angola

0
2489
Este artigo foi enviado por Sandro Jorge. Quer partilhar conhecimento com os demais seguidores do MenosFios? Siga os passos.

Antes de tudo, é importante definirmos aqui o conceito de “carteira digital” que usaremos, que nesse caso, é toda e qualquer tecnologia ou sistema que permite a movimentação de dinheiro, de um destinatário para outro, a partir de um dispositivo móvel, sem a necessidade de recorrer-se ao dinheiro em espécie.

Definido o conceito de carteira digital, temos a base que utilizaremos para listar as carteiras digitais angolanas.  A lista não segue nenhuma ordem em particular, porém, perto do final, apresentarei aquela que julgo ser a solução mais completa dentre elas. Popularmente, existem dois tipos de solução de carteira digital, soluções offline, que não dependem da internet para funcionar e soluções que dependem de uma conexão à internet ou dados móveis.

Importante: faço uso apenas de dois dos 11 serviços digitais apresentados aqui, o artigo foi escrito tendo como base experiências de terceiros e/ou informações disponíveis na internet.

Soluções Offline (USSD)

As carteiras digitais offline têm como solução tecnológica o USSD (Unstructured Supplementary Service Data), que é um protocolo de comunicação para telemóveis. Através de códigos USSD, você pode acessar a serviços baseados na web sem instalar um aplicativo móvel.

O protocolo de mensagens USSD faz parte do padrão celular digital do Sistema Global para Comunicações Móveis (GSM).  Tal como os serviços SMS e MMS, o serviço USSD facilita a comunicação, sem a necessidade de um aplicativo dedicado.  Ao contrário do SMS, usado para troca de mensagens de texto entre dois telemóveis, o USSD estabelece uma conexão em tempo real entre o seu telemóvel e uma rede móvel ou um servidor, dessa forma, você pode fazer coisas como carregar saldo de voz ou de dados, verificar a sua conta bancária e muito mais sem ter que baixar ou instalar nenhum aplicativo no seu dispositivo.

Já falamos muito, bom, agora vamos conhecer as soluções de carteiras digitais offline em Angola.

1. Agiliza

O Agiliza, é a solução eletrónica de pagamentos USSD disponibilizada pelo Banco Millennium Atlântico. Mais abaixo falo também do é-Kwanza, que pertence ao banco BAI.

O grande diferencial que percebi entre o Agiliza e o é-Kwanza, é que o Agiliza é um canal offline de acesso directo à sua conta bancária. Enquanto que nas restantes soluções de carteiras digitais offline, a carteira funciona como uma “coisa” separada, com o Agiliza, a situação é diferente.

Se você já tem uma conta bancária custodiada no banco Millennium Atlântico, ao aderir ao Agiliza, você obtém um segundo canal de acesso à sua conta bancária. Para aderir, marque *400# e clique na tecla chamar.

2. é-Kwanza

Tal como o Agiliza, o é-Kwanza, também é uma solução de pagamentos USSD, que ao contrário do Agiliza já funciona como uma conta móvel separada da sua conta principal.

Conforme observamos no site e-kwanza.ao “É uma plataforma tecnológica que permite ao cliente efetuar o seu registo e a manutenção dos seus dados, desbloqueio de conta, transferências, deposito e levantamento de dinheiro, conversão de dinheiro em “dinheiro electrónico” e vice-versa, pagamento de bens e serviços, via aplicativo Web, aplicativo Android e comandos USSD”. Para aderir, marque *402# e clique na tecla chamar.

3. eKumbu

Na corrida à apresentação de soluções de pagamentos, o Banco Sol não ficou de fora, apresentando ao público o eKumbu, um serviço que visa massificar a inclusão financeira através de pagamentos por telemóvel. Em nota de imprensa, o Banco Sol declara que “além de outros serviços da banca clássica, tem também como missão e estratégia a inclusão financeira”.

Segundo a nota publicada pelo seu gabinete de comunicação, essa inclusão financeira “se propõe abranger todos os segmentos ou franjas da população, assim sendo, o EKUMBU, é um serviço que veio para complementar toda a ação de inclusão que ao longo destes 20 anos, com dedicação e empenho o banco tem estado a prestar”.O eKumbu é mais parecido com o é-Kwanza, quase que não há diferença entre uma solução e outra.

Soluções Online

4. BNIX

O BNIX, é um serviço que surgiu com a promessa de revolucionar a maneira como gere o seu dinheiro diariamente. Foi introduzido no mercado pelo banco BNI.O BNIX permitia fazer pagamentos, transferências BNIX, transferências bancárias, consultar saldos de conta, compras, carregamentos Multicaixa, depósitos e levantamentos, tudo, através do seu telemóvel.

OBS: Infelizmente o BNI decidiu suspender o BNIX, e está atualmente indisponível.

5. Xikila Money

No cemitério das soluções de carteiras digitais em Angola, encontrámos ainda Xikila Money, que teve uma certa popularidade entre as comunidades angolanas. O Xikila Money surgiu como uma oferta inovadora em Angola, isto é, permitia usar o telemóvel como uma carteira digital e com base nisso efetuar diversos pagamentos via mobile.

Esse serviço,  transformava o telemóvel numa conta bancária e dava ao usuário a possibilidade de efetuar transações bancárias de forma cómoda e segura em qualquer hora do dia. O Xikila Money, permitia que o usuário efetuasse pagamentos de vários serviços, tais como:

  • Depositar dinheiro.
  • Transferir dinheiro para outras contas Xikila.
  • Transferir e receber dinheiro de contas de outros bancos.
  • Pagar as contas de televisão, energia, água, telemóvel, internet.
  • Pagar compras de bens e serviços.
  • Levantar dinheiro.

Para que uma pessoa começasse a utilizar o serviço Xikila Money, era necessário que o utilizador abrisse uma conta numa agência ou quiosque Xikila Money, que era totalmente gratuita e efetuasse um depósito na conta Xikila. Até onde sei, o Xikila Money funcionava com base no serviço USSD.

6. MULTICAIXA Express (MCX Express)

O Multicaixa Express, leva para o “digital” todas as operações que podem ser efetuadas nos multicaixa (físicos). Com mais de 1 milhão de downloads na Google Play Store, arrisco em dizer que é a carteira digital mais utilizada em Angola.

A EMIS, no seu site diz que “O MULTICAIXA Express (MCX Express) é o novo canal interbancário de pagamentos disponibilizado pela EMIS, mediante associação de vários cartões MULTICAIXA no telemóvel, ambicionando ser o veículo impulsionador da massificação dos pagamentos electrónicos em Angola”.

A inovadora aplicação MULTICAIXA Express, oferece uma solução para pagamentos, consultas, levantamentos e transferências através do telemóvel e agora muito mais recente permite a transferência entre contas MULTICAIXA Express.

Com o MCX Express, é possível pagar vários serviços como: água, luz, televisão, Internet, comprar bilhetes de avião, carregar o telemóvel, consultar o saldo e movimentos, fazer transferências e também fazer pedidos de levantamento sem cartão.”

Com o MULTICAIXA Express, tem sempre o MULTICAIXA à mão. Para aderir, basta descarregar o App para Android aqui, ou para iOS aqui.

7. Aki 

O Aki, apresenta-se como “um concentrador de serviços de pagamentos por intermédio do qual os utilizadores poderão encontrar de forma rápida, simples, cómoda e segura um variado leque de ofertas de bens e serviços.

Para as compras do dia-a-dia, pagar bens e serviços, levantar, transferir e depositar dinheiro com toda a segurança e simplicidade, nasceu um sistema mais simples que um Banco.

AKI é o teu Banco móvel que está onde é preciso, fácil e sem complicações.” Para aderir, clique Aki.

8. Aki Paga

Por mais incrível que pareça, na nossa praça de serviços de pagamentos digitais, temos o Aki Paga, com o nome semelhante à solução acima, o seu serviço difere pouco do mesmo.

Desenvolvido pela Kwattel S.A, o Aki Paga permite efetuar pagamentos, Levantamentos e Depósitos, e carregamentos.  Pelo que se percebe, o principal diferencial entre o Aki e o Aki Paga, é que o segundo é baseado em USSD enquanto que o primeiro tem como solução WEB.

9. Unitel Money

O mais popular de todos, o famoso unitel money que como o nome indica, foi introduzido ao mercado pela operadora móvel angolana UNITEL, pretendendo ser o Banco Nacional móvel de Angola. A UNITEL SPM opera sob a marca UNITEL Money.

Tendo como missão contribuir para a digitalização dos serviços de pagamentos, para a massificação da inclusão financeira, através das transferências móveis e instantâneas, vulgarmente conhecidas como pagamentos móveis ou Mobile Money.A App UNITEL Money está disponível para dispositivos iOS e Android, aguardamos ansiosamente por uma versão web da solução. Para aderir, marque *449# e clique na tecla chamar.

10. Kamba

Seguindo com as soluções de carteiras digitais em Angola, encontramos também o Kamba – carteira digital.

Na página oficial do facebook da carteira, a mesma apresenta-se como “uma conta de dinheiro electrónico onde podes adicionar dinheiro e realizar pagamentos sem a necessidade de uma conta bancária. 100% móvel e sem taxas”. O grande diferencial do Kamba é que ele permite por meio da compra de vouchers, efetuar o pagamento de serviços internacionais como Spotify, Netflix e Steam. Clique aqui para aderir.

11. PayPay

A PayPay, ou PayPay África ou PayPay AO ou ainda pay’pay AFRI (sim… é meio difícil saber o nome exato do negócio) é uma plataforma digital e interativa, utilizável em telemóveis e que permite efetuar pagamentos com recurso ao QRcode, transferir e receber dinheiro, consultar saldo da conta bancária e permite igualmente associar a uma carteira digital. A experiência de utilização do PayPay é bastante suave e intuitiva, gostaria apenas que tivessem uma interface gráfica mais robusta.

13. Kwanza Online

Queria terminar o artigo fazendo uma menção honrosa ao Kwanza Online. O saudoso Kwanza Online, foi uma solução de pagamentos online desenvolvida por Célio Garcia.

Foi o primeiro serviço angolano de pagamento online, permitindo aos angolanos fazer compras em lojas angolanas que já praticavam o e-commerce, facilitando assim o processo de compra e venda em território nacional.

O Kwanza Online, era que nem um Multicaixa no seu computador, permitindo aos angolanos e não só, recarregar os seus telemóveis (UNITEL e MOVICEL), pagar a subscrição da ZAP, NetOne, e quiçá outros serviços a partir do seu computador.

Esse serviço oferecia dois tipos de contas:

  • Conta pessoal

Quem criava uma conta pessoal eram as pessoas singulares.

  •  Conta comerciante

Essa conta era para os comerciantes, ou seja, todos aqueles que tinham lojas e gostariam de receber pagamentos online.

Podemos dizer que o Kwanza Online, foi o pioneiro das carteiras digitais em Angola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui