Conheça as 12 startups africanas selecionadas para Microsoft’s FAST Accelerator

1220
POLAND – 2021/02/19: In this photo illustration a Microsoft logo seen displayed on a smartphone with stock market values in the background. (Photo Illustration by Omar Marques/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

Já são conhecidas as 12 startups africanas que participarão no programa de 12 semanas da Microsoft’s FAST Acceleratorem um pleito de mais de 800 candidaturas de 25 países, onde os projectos selecionados são baseados para o nosso continente, de modo a desenvolver ou expandir a tecnologia em África, tendo como base o Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

As startups selecionadas englobam um variado leque de projectos inovadores no sector tecnológico, com a Nigéria a ter muitos representantes no programa acelerador, como Capsa Technology, uma plataforma online para as empresas comprarem e venderem faturas; LegitCar, que está a construir o maior serviço de dados de veículos da África; DayDone, uma plataforma de e-commerce que digitaliza o mercado agrícola africano, Pade HCM, uma plataforma de recursos humanos automatizada para todas as empresas africanas.

O Quénia também está em evidência no Microsoft’s FAST Accelerator, com quatro startups, nomeadamente a startup de saúde eletrónica Snark Health, a plataforma prop-tech Silqu, a plataforma de fornecimento de alimentos orientada para dados Taimba e a app educacional K-12 EdTech.

O Egipto está representanda com a startup agro-tecnológica VAIS, o Ghana com a startup de saúde electrónica Wala Digital Health, enquanto que o serviço de saúde e-saúde tanzaniano Tumaini La Maisha e a empresa de mobilidade ugandesa KaCyber Technologies  completam o grupo.

O programa da FAST incindirá em uma enorme variedade de atividades, de modo a ajudar as startups selecionadas a singrar de forma rápida e eficaz o seu sucesso profissional, destacando ainda a formação, desenvolvimento de empresas, integração de nuvem e IA, angariação de fundos e eventos de construção comunitária.

MAIS: Microsoft anuncia investimento de 500 milhões de dólares para as startups africanas

Os participantes trabalharão um a um com os membros da equipa de engenharia da Microsoft em tarefas de co-inovação, no que diz respeito a integrações de produtos e novas ofertas.

De informar ainda que a equipa de engenharia da Microsoft ajudará os Founder a aceder a novas ferramentas e serviços tecnológicos, bem como os mesmos terão acesso ao Microsoft 365, além de 250.000 dólares em créditos na nuvem do Microsoft Azure, acesso à Dynamics 365, e ao Microsoft for Startups Founders Hub, que inclui acesso a API OpenAI.

A Microsoft acredita que as startups africanas estão idealmente posicionadas para se tornarem um núcleo da economia digital africana, fornecendo respostas adequadas às preocupações sociais locais“, diz a empresa em comunicado.

A participação no programa acelerador de startups FAST permitirá que estas empresas aproveitem as opções financeiras existentes e preparem-se para a futura expansão do mercado“, explicou Gerald Maithya, líder de startups do Microsoft Africa Transformation Office.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui