Estudantes do ISPI vencem maratona de ideias tecnológicas na Huíla

926

O Instituto Superior Politécnico Independente (ISPI), propriamente os estudantes do curso Engenharia Informática, foram os grandes vencedores da Maratona de Ideias Tecnológicas, denominada “Hackathon”, da Huíla, no âmbito do II Fórum de Diálogo Ciência Sociedade do programa UNI.AO.

Os estudantes vencedores apresentaram como projeto um protótipo para a Reciclagem de resíduos industriais, um tema proposto pela organização do evento, onde criaram uma empresa, uma pequena startup denominada “Reco-Indústria”, que promove a economia circular.

A mesma empresa age como intermediária entre empresas que produzem resíduos sólidos e as que  utilizam para a sua produção, segundo o líder do grupo dos estudantes vencedores, Jason Teixeira.

Explicou que, por exemplo, eles ajudam as empresas que efetuam o processo de reciclagem a localizar resíduos e a transportarem os mesmos para empresas terceiras e, caso estas não tenham transporte, oferecem serviço de transporte.

Em 20 horas conseguimos nos adaptar às dificuldades que fomos encontrando, tivemos apoios dos tutores e num trabalho de equipa concluímos e vencemos o primeiro lugar a ideia que apresentamos no Hackathon de forma coerente e concisa”, frisou.

MAIS: [Angola Startup Summit] Delegação da Huíla com presença positiva no evento

O evento tecnológico foi realizado em colaboração com o ISCED-HUÍLA, Universidade Mandume Ya Ndemufayo e ISP Tundavala, e teve como objetivo proporcionar um ambiente propício para a exposição de projetos e tecnológicas relacionadas à transição energética.

Entretanto, o consultor para a organização do II Fórum de Diálogo Ciência Sociedade, do Programa UNI.AO, Evaldo Chindele, fez saber ao todo tiveram na Maratona de Ideias 10 equipas constituídas por cinco elementos cada, mas apenas três  foram reuniram condições  e foram submetidos a avaliação do jurado.

Salientou que durante 20 horas as equipas foram desafiadas a criar soluções que resolvam problemas relacionados com a temática do Fórum que é a “Transição Energética por uma Economia Circular Justa e Sustentável para as Comunidades”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui