Exame multimédia para obter carta de condução entra em vigor em novembro

1816

Começam no próximo mês de novembro o modelo de exame escrito multimédia para a obtenção de Carta de Condução na província de Luanda, instrumento que vai servir para avaliar as competências das pessoas que pretendem conduzir, de forma a reduzir o índice de sinistralidade rodoviária.

A informação foi revelada pelo comandante-geral da Polícia Nacional (PN), Arnaldo Carlos, em conferência de imprensa, após ter participado da 2ª Sessão Ordinária do Conselho Nacional de Viação e Ordenamento do Trânsito (CNVOT), orientada pela Vice-Presidente da República, Esperança da Costa.

Os procedimentos para a implementação dos referidos exames já estão a ser feitos. Em novembro do corrente ano entram em vigor“, disse o responsável na saída do encontro que analisou a sinistralidade rodoviária no primeiro semestre do corrente ano.

MAIS: Adiado a implementação dos exames multimédias para obter carta de condução

Segundo Arnaldo Carlos, a introdução do exame multimédia é uma das várias estratégias do CNVOT a ser implementada para reduzir o número de acidentes rodoviários, que de janeiro a julho do ano em curso se cifraram em sete mil 283 (-51) acidentes em relação ao período homólogo de 2022.

Pelo que foi revelado, os exames vão ser estendidos, de forma gradual, nas demais províncias, uma vez que essas regiões estão já a ser equipadas com materiais para a implantação dos exames no sistema multimédia.

O exame multimédia vai permitir que o examinado seja acompanhado em tempo real e o resultado processo em tempo recorde. Com isso, explicou o superintendente-chefe, o Governo está a cumprir o estipulado por Lei, no artigo 119º, do Código de Estrada e do Regulamento do Ensino da Condução e Habilitação Legal para a Condução.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui