Facebook acusado de partilhar dados com a Apple, Samsung e Amazon

416

O Facebook continua a dar que falar, depois de ter-se envolvido no escândalo de uma empresa de análise de dados Cambridge Analytica, agora a empresa esta novamente a ser acusada por partilhar dados com outras empresas.

Pois é, o problema sobre as práticas de privacidade de dados da rede social continua. Desta vez, o New York Times informou que o Facebook aparentemente compartilhou uma quantidade inadequada de informações do usuário com fabricantes de dispositivos, como Apple, Samsung e Amazon.

O que realmente aconteceu?

Segundo a nossa fonte, os acordos da rede social com fabricantes de hardware são anteriores à existência do aplicativo do Facebook. A empresa criou APIs que permitiriam que empresas como Apple ou Blackberry criassem recursos semelhantes ao aplicativo da rede social. Para permitir que esses recursos funcionassem, a empresa concordou em compartilhar os dados do usuário com as empresas.

Como exemplo, o escritor Michael LaForgia fez o login na sua conta do Facebook em um Blackberry Z10. O aplicativo Hub do telefone recuperou informações religiosas, de relacionamento e políticas de todos os seus 556 amigos e 294.258 dos amigos de seus amigos.

Facebook respondeu ao artigo directamente em um comunicado de imprensa. Nele, Ime Archibong, vice-presidente de parcerias de produtos da empresa, argumenta que as duas situações são completamente diferentes:

Como essas APIs permitiram que outras empresas recriassem a experiência do Facebook, nós as controlávamos com rigor desde o início. Esses parceiros assinaram contratos que impediam que as informações do Facebook das pessoas fossem usadas para qualquer outra finalidade além de recriar experiências parecidas com a rede social. Isso é muito diferente das APIs públicas usadas por desenvolvedores de terceiros.

Archibong disse que as APIs foram criadas para preencher uma demanda da rede social no aplicativo móvel que a empresa não poderia atender sozinha e, portanto, necessária. Ele também observou que a empresa está a diminuir essas parcerias em geral, já tendo encerrado 22 delas.

Será que o Facebook partilhou essas informações?