FITITEL 2022: Conheça os projectos em destaque da feira tecnológica

0
680

Terminou ontem(18) a 13ª edição da FITITEL -Feira de Inovação Tecnológica do Instituto Médio de Telecomunicações (ITEL), evento esse que serviu mais uma vez para que os alunos desse instituto pudessem expor os seus trabalhos e invenções com recurso as TIC, desenvolvidos ao longo do presente ano lectivo.

Sob o lema: “TECNOLOGIAS DIGITAIS PARA UMA SOCIEDADE SAUDÁVEL E SUSTENTÁVEL“, a feira de dois dias foi aberta pelo secretário de Estado para as Telecomunicações, Tecnologias de Informação, Mário Oliveira, em representação do ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, e contou ainda com a presença do secretário de Estado para o Ensino Secundário, Gildo Matias José, altos responsáveis do ITEL, do MINTTICS e de órgãos tutelados, além da participação de cerca de 100 expositores, entre alunos e instituições parceiras.

Na edição desse ano, o FITITEL Feira voltou a criar oportunidades para que os estudantes apresentassem os seus projectos à comunidade empresarial angolana e amantes das TICs, bem como concorrer à diversos prémios. O evento serviu também como estímulo ao desenvolvimento do espírito inovador e empreendedor dos alunos.

Confira agora abaixo alguns dos projectos que marcaram destaque nessa edição.

Vila.ao

O  “Vila.ao” é uma plataforma que permite ao utilizador localizar os seus documentos que se encontram perdidos na via pública através de uma pesquisa pormenorizada no sistema. Caso um utilizador encontre um documento de outra pessoa, ele poderá fazer o registo do mesmo colocando todos os dados do documento no sistema para possibilitar a localização do mesmo.

Por uma questão de segurança, após o cadastro de um documento encontrado na via pública, o Vila.ao barra o número do documento, pois o mesmo identifica não só o referido documento como também dados sensíveis da pessoa.

No caso de uma pessoa, o utilizador terá de colocar no sistema todos os dados incluindo a fotografia. No caso do utilizador que estiver a procura de um parente, ele terá de colocar a fotografia do seu familiar e, a partir daí, a imagem é encaminhada para um sistema de reconhecimento facial que faz comparação de fotografias. Após este passo, o sistema envia uma notificação para o autor da publicação informando-o que existe alguém com as mesmas características que da pessoa que ele procura.

MAIS: GGPEN oferece curso gratuito de Aplicações Espaciais para startups angolanas

SGSRH

O SGSRH é uma plataforma que assegura o cumprimento do horário dos funcionários, o controlo de produtividade, a gestão das partes do trabalho (incidentes, gestão de horários, férias, visitas ao médico, etc.).

Para efectuar o controlo de horários dos funcionários, o software conta com a utilização de uma tecnologia de controlo de acesso e controlo de presença (através de um dispositivo de leitura de impressões digitais).

 

Sistema de Gestão de Placa e Controle de Táxistas (SGPCT)

O SGPCT é uma plataforma que permite ter o controlo de quantos taxistas singulares ou que trabalham em organizações (Placas) existem a nível nacional. O sistema conta com uma base de dados onde serão cadastrados todos esses profissionais.

O sistema tem como finalidade ajudar os passageiros a localizarem os seus pertences deixados dentro desses veículos. Para tal basta que o passageiro anote a matrícula do respectivo táxi e, através de uma pesquisa no sistema, poderá ver a que organização pertence. Lá poderá entrar em contacto com a referida organização para poder reaver os seus pertences.

Ainda sobre os projectos, destacar também o projecto de Francisco Costa da 13ª classe do curso de Electrónica e Telecomunicações que expôs um sistema de acesso por reconhecimento facial ou da dupla Adriano Alves e Sebastião Simão, estudantes da 13ª classe do curso de Sistema Multimédia, que tornaram público um aplicativo de telefone, capaz de criar experiências do consumidor com o produtos da Nestle.

Durante os três dias, os expositores da feira anual, realizada no âmbito das comemorações do 17 de Maio, dia das Telecomunicações e Sociedade da Informação, apresentaram diversos projectos de produtos e serviços tecnológicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui