Gabão registra queda de 63% no custo da internet

0
2309

O último relatório de estatísticas registrado pela autoridade reguladora do Gabão (ARCEP), mostra uma queda de 63% no custo da conexão à Internet para o público deste país africano.

A ambição de fazer do Gabão um hub digital sub-regional está bem encaminhada. De acordo com as últimas estatísticas do regulador de telecomunicações daquele país, o custo da ligação à Internet diminuiu em 63% para o ano de 2017.

E esse declínio é resultado dos esforços feitos pelo governo para estabelecer infra-estrutura digital de qualidade, para abrir licenças de tecnologias neutras 3G / 4G, e melhorar a compectitividade das empresas que operam no sector no Gabão, de acordo com o ministério.

Os provedores de serviços oferecem diferentes pacotes com diferentes períodos de validade e limites de uso. O teto de 1 GB é compactível com um nível razoável de consumo de internet. As ofertas com um limite máximo de utilização de 1 GB têm validade de crédito de um mês.

Segundo os especialistas, a chegada de novos operadores no sector no Gabão, como a Canalbox, teve um efeito positivo para os consumidores. Além disso, a estratégia do governo do Gabão reforçou a confiança das partes interessadas no terreno. Especialmente com a chegada de um operador neutro que garante uma qualidade adequada de serviço aos operadores.

Além disso, o Índice de Desenvolvimento da Internet de novembro de 2017 classifica o Gabão na sexta posição no continente africano. Apesar de um contexto econômico difícil, as operadoras estabilizam seu crescimento com um faturamento de 204 bilhões de francos CFA . Uma queda geral de 6,7%, que é principalmente devido ao desaparecimento da paisagem de Azur Gabão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here