Google disponibiliza a primeira versão do Android O para os desenvolvedores

749

Pois é, a Google já tem o substituto do Android Nougat, foi lançada uma novidade, o futuro Android O, foi disponibilizada numa primeira versão apenas para os desenvolvedores, que depois de um determinado tempo chegara ao usuário final.

O suposto era que o Android O fosse abordado e apresentado pela primeira vez durante a conferência I/O 2017, mas a empresa vazou as informações mais cedo com uma versão de testes para os desenvolvedores da plataforma terem uma noção do que está por vir.

Quais são as novidades do novo Android?

Uma das primeiras novidades que a Google colocou no novo sistema operativo, é a limitação dos aplicativos em segundo plano, deste modo a bateria acabará por durar mais, visto que haverá o menor consumo de recursos. A segunda consiste nas notificações, que poderão ser agrupadas por categorias ou por aplicações.

Essa nova versão do sistema surge ainda com novas APIs. Trata-se da API de preenchimento automático, que visa permitir às aplicações terem acesso a esta funcionalidade, podendo o usuário definir qual é a sua aplicação preferida para realizar esta tarefa.

O Android O vai trazer ainda a possibilidade de termos PiP (Picture in Picture) aos smartphones e aos tablets. Isto garantirá a possibilidade de usarmos janelas flutuantes ao mesmo tempo que usamos as restantes aplicações.

A imagem do Android O está melhor e isso reflecte-se nos ícones adaptativos. Estes vão mudar a sua forma consoante a necessidade da interface, tendo os programadores a possibilidade de dar uma imagem diferente às suas aplicações, dependo da plataforma onde desenvolvidas.

A Google melhorou fortemente o aspecto relativo a “Conectividade” em várias frentes, desde a utilização de novos codecs áudio para bluetooth de elevada qualidade, com o LDAC, ou a utilização do Wi-Fi Aware, que permitirá a comunicação entre dispositivos por Wi-Fi, sem que existam redes presentes. A empresa melhorou também a  navegação no teclado. Tal como acontece já nos Chromebooks ou no Pixel C, o teclado do Android O vai ter a possibilidade de usar setas para navegação.

Quando será disponibilizado essa versão ao público?

Segundo o cronograma da Google, sendo esta a primeira versão de testes do Android O,  próxima versão chega em Maio, provavelmente durante a conferência I/O, passando nessa altura a versão beta.

Os testes vão continuar, com pelo menos mais versão de testes e espera-se que a versão final surja no terceiro trimestre, com a apresentação dos novos smartphones a empresa.

Está assim aberto caminho para a próxima versão do Android O. Não se esperava que a Google lançasse já esta versão, mas todos podem já ver o que está a ser preparado.