Google investe 12 milhões de USD em energias renováveis na África do Sul

1756

Campo fotovoltaico

A internet é um negócio rentável e em África o mercado ainda é fértil. Por isso, grandes multinacionais têm investido cada vez mais em África. Um dos aspectos a melhorar no “continente berço”, é, sem dúvidas, a questão da energia eléctrica. Sem ela, podemos esquecer a história de internet, investimento e…

A Google sabe disso e para mostrar que está atenta, investiu 12 milhões de doláres num projecto relacionado à energias renováveis na África do sul. Trinta mil famílias serão beneficiadas.

Leia o comunicado oficial:

Acabamos de fechar o nosso primeiro investimento em África: $ 12 milhões de dólares (103 milhões de rands) investimento no Projeto de Energia Jasper, uma usina fotovoltaica de 96 megawatts de energia solar no norte da província do Cabo da África do Sul. Após a conclusão, Jasper será uma das maiores instalações solares no continente, capazes de gerar energia suficiente para abastecer 30 mil casas Sul-Africano. O projecto, desenvolvido e financiado pela SolarReserve, Intikon Energia e o Grupo Kensani, também é apoiada pela Rand Merchant Bank, a Corporação de Investimento Público, Banco de Desenvolvimento da África do Sul e da PAZ Humansrus Trust.

Muitos podem se questionar sobre a escolha da África do Sul e não outro país. A Google explica que a África do Sul tem boas políticas de apoio às energias renováveis e teve o maior crescimento no investimento em energia limpa no mundo no ano passado. Por outro lado, a Google investe em projectos que têm potencial de transformação, ou seja, projectos que irão reforçar o crescimento da indústria de energia renovável e mover o mundo mais perto de um futuro de energia limpa.

O caso da África do Sul merece reconhecimento, que planeia ter 18 gigawatts (GW) de energia renovável até 2030, há que ter em conta que actualmente o total de produção de energia eléctrica é de 44 GW.

Será Angola seguirá esse exemplo?

[Fonte]: Google Africa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui