Google multada na Índia por abuso de posição dominante

571

A Comissão de Concorrência da Índia (CCI) impôs na passada quinta-feira (8/2), uma multa de US$ 21 milhões ao gigante americano Google por abuso de posição dominante como motor de buscas na internet e com seu serviço de anúncios no país.

A Comissão em questão afirmou que a Google, a principal unidade de negócio da Alphabet, abusou da sua posição dominante em pesquisas online e no mercado de publicidade em pesquisas online.

No relatório, escreve a Comissão que “a Google foi encontrada a praticar pesquisas tendenciosas e, ao fazê-lo, causou dano aos seus concorrentes assim como aos seus utilizadores”.

Além disso, foi descoberto que a Google proporcionou um link adicional nestas unidades comerciais que leva os usuários à sua página de resultados de busca especializada (Google Flights), que resultou em uma imposição injusta também para os usuários dos serviços gerais de busca”, afirmou a CCI na sua nota.

Não é a primeira vez que a Google recebe uma multa desse tipo no último ano, a Comissão Europeia impôs uma multa recorde de 2,4 mil milhões de euros por a empresa favorecer o seu próprio serviço de compras e demover as ofertas dos seus rivais. Entretanto, a empresa recorreu da decisão.