Governo Angolano apela maior inclusão de raparigas jovens nas TIC

0
529

O Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS) defendeu mais aposta na implementação de políticas e programas para aumentar a inclusão digital de jovens, especialmente raparigas, bem como no desenvolvimento de competências e em iniciativas de educação e formação técnica e profissional.

Essa modo de pensar veio através de um nota oficial dessa instituição pública, em alusão ao Dia Internacional das Meninas e as TIC, assinalado a 28 de Abril, revelando que África tem o maior fosso digital de género (25 por cento) e apenas 29 por cento das mulheres tem acesso à Internet na África Ocidental, contra 46 por cento na Ásia e 57 por cento na América Latina.

Para o MINTTICS, visto que a tecnologia desempenha um papel em todos os tipos de carreiras, da arte e história ao direito, do ensino primário e ao design gráfico, a aprendizagem de competências técnicas em tenra idade criará raparigas para a independência económica e não só.

MAIS: Jovens mulheres angolanas capacitadas em empreendedorismo

Ainda no comunicado, acrescenta que 65 por cento das crianças que entram hoje na escola primária terão empregos que ainda não existem, referindo que os empregos do futuro serão implementados pela tecnologia de inovação.

 “O Governo angolano, através do Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, tem apoiado a inclusão das meninas e meninos com necessidades educativas especiais, através do fornecimento às escolas de equipas de apoio multidisciplinar, inclusão educativa e softwares educativos que permitem estimular a curiosidade e a aprendizagem, com base nas TIC“, pode ler-se na nota.

De informar ainda, que em alusão a essa efeméride, o MINTTICS e a UNITEL realizaram na semana passada o XI fórum do Dia das Meninas e as TIC, sob o lema “Acesso e segurança“, que contou com exposições tecnológicas das jovens mulheres estudantes de vários institutos de educação, como ITEL, IMIL e Alda Lara.

O encontro visou proporcionar momentos de interacção e motivação, através da transmissão de experiência e conhecimento de antigas bolseiras que agora são Colaboradoras da UNITEL.

Confira a galeria abaixo.

This slideshow requires JavaScript.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui