Grupo Visabeira Angola sofre ataque informático

1483

O grupo Visabeira, presente em Angola, foi ontem alvo de um ciberataque que “perturbou” os serviços ao longo do dia e, segundo um comunicado enviado à agência Lusa, a empresa interrompeu os serviços afetados.

Site oficial da Visabeira Angola (Actualizado às 08:49 do dia 14 de Fevereiro de 2023)

Informamos que o Grupo Visabeira foi vítima de um ciberataque aos seus sistemas informáticos, detetado hoje, por volta das 7h30 da manhã que resultou na perturbação dos nossos serviços“, informa o grupo na nota de imprensa.

Segundo o documento enviado à agência Lusa, “após tomar conhecimento do incidente, foram adotadas as ações descritas no procedimento interno de gestão de incidentes“.

Neste sentido, foram “desde logo, e como medida preventiva, interrompidos todos os serviços que pudessem ter sido afetados” e, no momento em que foi enviado o comunicado, 19h50, a equipa técnica estava ainda “a atuar de forma a mitigar riscos e conter os efeitos decorrentes do ataque“.

A nota de imprensa não esclarece, no entanto, que efeitos ou consequências o ciberataque causou ao grupo Visabeira, que em Angola é detentor de empresas em diversas áreas como, por exemplo, nas telecomunicações, energia e águas.

O Grupo Visabeira já informou as autoridades competentes. Lamentamos todos os transtornos que este ataque possa causar aos nossos parceiros e colaboradores e estamos a fazer todos os esforços para que esta situação possa ser resolvida o mais rapidamente possível“, lê-se no documento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui