Huawei acusada de tentar instalar backdoor em sistema no Paquistão

0
1337

A Huawei encontra-se a enfrentar uma nova acusação algo controversa, sobre a possibilidade de ter pressionado alguns fornecedores para instalar um backdoor em alguns dos seus sistemas.

De acordo com o Wall Street Journal, a empresa Business Efficiency Solutions (BES) nos EUA terá iniciado uma queixa contra a Huawei por, alegadamente, a empresa chinesa ter não só roubado tecnologia da entidade, como também pressionado a mesma para instalar um backdoor de acesso para as autoridades locais em certos equipamentos instalados no Paquistão.

A acusação aponta que o backdoor poderia permitir à Huawei ter acesso a informação sensível dos cidadãos locais, bem como intercetar diversa informação sensível das autoridades governamentais locais – que poderiam mesmo colocar em risco a segurança nacional.

A BES acusa a Huawei de ter tentado criar uma ligação direta entre a instalação dos sistemas no Paquistão e a China. Na altura, a BES terá tentado aguardar pela permissão das autoridades locais do Paquistão para realizar esta tarefa, na qual a Huawei terá informado que tal autorização não seria necessária, pressionando para que a mesma fosse realizada o quanto antes sobre a possibilidade do contrato estabelecido entre as duas entidades ser cancelado.

No entanto, nesta fase, a situação ainda se encontra algo confusa. A Huawei afirma que terá desenvolvido um sistema similar ao que estava a ser construído no Paquistão na China, mas que seria usado apenas para testes e fisicamente não estaria interligado ao do outro pais, portanto não poderia transmitir informação de lá. No entanto, a investigação ao ocorrido ainda se encontra a decorrer.

Independentemente da parte que esteja a dizer a verdade, esta informação deixa ainda mais pressão junto da Huawei, que nos últimos meses tem vindo a lidar com vários problemas relacionados com a possibilidade de recolha de dados de forma não autorizada, tanto que levou mesmo ao bloqueio da empresa nos EUA por colocar em risco a segurança nacional do pais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here