Huawei atrai talentos global para enfrentar desafios de classe mundial

810

A Huawei está à procura do melhor talento mundial em TIC para apoiar a sua estratégia de inovação e construção de um mundo mais verde e inteligente.

Em um evento recente, Ken Hu, o presidente rotativo da Huawei disse: “Na Huawei, quando falamos de inovação, a primeira coisa que pensamos são as pessoas. Esperamos atrair talentos de classe mundial com desafios de classe mundial, e trabalhar em conjunto para ultrapassar os limites da ciência e da tecnologia”.

Hu estava a referir-se ao Programa de recrutamento top minds que a empresa lançou no seu website anteriormente.

“Não nos interessa de onde é, onde se formou, ou o que estudou”, continuou ele. “Desde que tenha um sonho para o futuro e acredite que pode fazer acontecer, queremos que venha juntar-se a nós. Fornecemos desafios de classe mundial, uma plataforma poderosa, e todos os recursos de que precisa para explorar o desconhecido”.

  • Talento TIC na África Subsaariana

Localmente, a Huawei continua a sua estratégia global de recrutamento, visando os principais talentos do continente em TIC, formação e transferência de competências e criação de mais empregos no sector das TIC através da colaboração com vários intervenientes.

Em Abril, a Huawei lançou o seu programa de desenvolvimento de competências digitais LEAP na África Subsaariana, para ajudar a promover as competências em TIC de mais de 100.000 pessoas em toda a região no prazo de três anos.

Ao lançar o programa LEAP, disse o Presidente da Huawei da África Austral, Leo Chen, “Através do programa, esforçamo-nos por cultivar mais jovens líderes nas TIC’s, que possam explorar mais possibilidades para si próprios, para as suas famílias, para a comunidade e, em última análise, para as suas nações”.

MAIS: Huawei e CRASA assinam memorando para acelerar a transformação digital na África do Sul

Ao longo das últimas duas décadas, Huawei ajudou a fazer avançar as competências em TIC de mais de 80 000 pessoas em toda a região. A própria Huawei é um empregador de eleição na região. As suas filiais em 9 países da África Subsaariana ganharam o selo Top Employer em 2021.

Apesar de enfrentar pressões, a empresa acredita ter maior capacidade de lidar com a incerteza. A Huawei alcançou 99,8 mil milhões de dólares em receitas em 2021, com um aumento dos fluxos de caixa e uma diminuição do rácio de responsabilidade. A Huawei continua a figurar entre as principais marcas de telecomunicações na lista das 500 principais marcas Globais, divulgada em Março de 2022 pela Brand Finance, um consultor britânico independente bem conhecido.

“A inovação tornou-se uma parte essencial do ADN da Huawei”, conclui Ken Hu, “Durante quase uma década, a nossa estratégia tem sido reinvestir pelo menos 10% das nossas receitas anuais em P e D. No ano passado, investimos 22%”.

Isto faz da Huawei o segundo maior investidor mundial em P e D (pesquisas e desenvolvimento) de acordo com the Painel de avaliação de investimento em P e D industrial UE de 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui