Huila. Plataforma tecnológica CISP com objectivo de garantir a segurança do cidadão

0
685

A província da Huíla já conta com um Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), plataforma tecnológica que permite atender, em tempo real, as solicitações dos cidadãos em caso de violação da ordem pública.

Inaugurado no final de Julho pelo ministro do Interior, Eugénio Laborinho, o serviço vai funcionar 24 horas com 105 efectivos e onde o mesmo ganhou uma linha telefínica de emergência através do terminal 112.

O CISP é um projecto de utilidade pública enquadrado no Programa Nacional de Desenvolvimento (PND-2020-2025), que tem como objectivo garantir e melhorar as condições de segurança pública no país, com a integração nele dos órgãos de Defesa e Segurança, assim como outros serviços da administração do Estado.

MAIS:  Efectivos da Policia Nacional capacitados em matérias de telecomunicações e tecnologia

O empreendimento, cujo lançamento da pedra foi feita em 2019, está implantado numa área de mil 645.75 metros quadrados e dispõe de um sistema operacional de despacho, inteligência por videovigilância e manutenção com 39 câmaras.

De informar ainda que o CISP conta também com a integração do Instituto Nacional de Emergência Médicas de Angola (INEMNA) e de Protecção Civil e Bombeiros, de modo a dar resposta às emergências, mediante conexão com as unidades policiais.

Com a inauguração do CISP, na Huíla, Angola passa a contar com quatro já em funcionamento nas províncias de Luanda, Benguela e Huambo, estando na forja o de Cabinda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui