INAMET vai beneficiar-se de modernização tecnológica para antecipar ocorrências

1536

O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica de Angola (INAMET) vai beneficiar-se de uma modernização tecnológica que vai permitir alertar, de forma antecipada, para as ocorrências da seca e chuva extrema, fundamentalmente na região Sul do país.

A garantia foi dada pelo diretor da instituição, João Afonso, em entrevista ao JORNAL DE ANGOLA, frisando que esta modernização dos serviços do INAMET está orçada em 60 milhões de euros, uma aposta que conta com tecnologia e equipamentos de última geração.

O diretor frisa que os meios são de grande utilidade para o desempenho de sectores como o da Agricultura, Águas e Saúde, sendo que com esta atualização tecnológica vai permitir ao INAMET atuar ao mais alto nível, isso se comparado com países como o Brasil e África do Sul.

Segundo João Afonso, nos últimos anos o INAMET instalou estações meteorológicas automáticas de diversas finalidades, com destaque para três estações de rádio sondagem, denominadas “Robotsonda”, que são totalmente automatizadas, sendo o último, inaugurado em 2023, no Luena, província do Moxico, e os outros dois instalados em Luanda e na Huíla.

MAIS: Governo vai instalar mais de 500 estações meteorológicas em todo o país

Foi ainda revelado que o país dispõe de um sistema denominado Aerometweb, na parte aeronáutica, usado para emissão de cartas para os pilotos antes da descolagem das aeronaves, de forma a terem informações da rota em que seguem até o destino, usando dados de satélite, estações meteorológicas, modelos numéricos. Esta é uma informação essencial para a segurança do voo.

Por fim, o Diretor informou que a modernização do INAMET começou em 2019, com a mudança das estações convencionais, estações essas que tem de ter um observador meteorológico a cada uma hora.

Os dados meteorológicos registados não tinham como ser enviados ao sistema global, exceto para as estações localizadas nos aeroportos. Com as estações automáticas, já não é preciso ter um observador, uma vez que os dados meteorológicos são enviados em tempo real, para o servidor central do INAMET que automaticamente transmite para o sistema global.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui