Jornais processam OpenAI e Microsoft por “roubo” de artigos

658

Um grupo de jornais dos EUA processou a OpenAI e a Microsoft, produtores do ChatGPT, alegando que as empresas de tecnologia estão a “roubar milhões” de artigos noticiosos sujeitos a direitos de autor.

Este material assim “roubado”, sem autorização ou pagamento, destina-se ao treino da sua plataforma de conversa baseada na inteligência artificial.

MAIS: ChatGPT sem ter uma conta? A partir de agora será possível

Entre os títulos que apresentaram a queixa num tribunal federal, em Nova Iorque, estão o The New York Daily News, o Chicago Tribune e o Denver Post.

Gastámos milhares de milhões de dólares para reunir informação e dar as notícias nas nossas publicações e não podemos autorizar a OpenAI e a Microsoft a expandir o manual das Grandes Tecnológicas de roubo do nosso trabalho para construírem o seu próprio negócio às nossas custas“, disse o diretor-executivo do MediaNews Group and Tribune Publishing, Frank Pine, em declaração escrita.

Os outros participantes na queixa coletiva são o Mercury News, também do MediaNews Group, o Denver Post, o Orange County Register, o St. Paul Pioneer-Press, o Orlando Sentinel e o South Florida Sun Sentinel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui