LinkedIn adquirida pela Microsoft por 26 biliões de USD

1401

Linkedin

Por essa ninguém contava. A Microsoft anunciou que tem acordo para adquirir a rede social profissional, o LinkedIn. Os valores da transação estão à volta de 26,2 bilhões de doláres (um número extremamente complicado para escrever em Kwanzas  quem conseguir, por favor escreva nos comentários.)

A Microsoft tem assim um acordo definitivo para comprar o LinkedIn, com um valor que  supera os mais de 4 bilhões de doláres o gasto do Facebook com a aquisição do WhatsApp há quase 2 anos.

E qual será o futuro do LinkedIn?

Mesmo com a compra, a rede social vai manter sua marca e independência.

De acordo com informações divulgadas, o CEO do LinkedIn, Jeff Weiner, vai continuar no cargo, reportando para o chefe da Microsoft, Satya Nadella. É consensual dentro da equipe do LinkedIn, a transação é boa: tanto o executivo-chefe quanto o presidente do conselho, co-fundador e accionista maioritário da rede social, Reid Hoffman, apoiam completamente a transação, que tem sua conclusão marcada para o final de 2016.

Linkedin

A partir de agora a rede será incorporada às soluções corporativas de Redmond e deverá ganhar novas funcionalidades, como integração a outros produtos e serviços da companhia.

Já existiam muitos rumores sobre o interesse da Microsoft no LinkedIn. A rede social dedicada conectar profissionais em todo o mundo é muito mais utilizada em ambientes corporativos, uma vez é bastante útil na hora de contratar profissionais e fazer uma verificação do histórico profissional.

Os números do LinkedIn

Os números da rede social são são impressionantes :  433 milhões de usuários em todo o mundo, 7 milhões de listas de emprego activas e 60% dos acesso via mobile. A microsoft saberá dar uso a isto, uma vez que o foco passaram a ser os serviços e nem tanto o “Hardware+Software”.

Veja o que os CEOs das duas empresas acham

 

… Sempre tive uma grande admiração pelo LinkedIn e sobre o que mais se precisa nos dias de hoje e sendo também alguém que acredita que ferramentas de produtividade e comunicação porque acredito que é isso que permite que as pessoas sejam criativas nos seus trabalhos, e conectando isso rede profissional permitirá que as pessoas obtenham mais sucesso nos seus trabalhos actuais e possam ter acesso a trabalhos melhores essa é a minha visão…

Satya Nadella, CEO da Microsoft

Agora resta saber até que ponto a Microsoft terá o retorno do investimento, pois U$S 26 biliões  é um valor astronómico.