[Moçambique] Estrangeiros já podem utilizar o eVisa no país

1645

Já estão criadas todas as condições para que os estrangeiros que queiram ir para Moçambique, possam requerer vistos de entrada online, com entrada em da plataforma tecnológica eVisa, facilitando assim o turismo, negócios e investimentos por parte dessa classe.

A plataforma é de origem moçambicana e foi criada pelo Executivo local, em resposta a uma das maiores lacunas que o país apresenta ao nível de competitividade internacional.

Segundo o vice-ministro da Economia e Finanças, Amílcar Tivane, a plataforma eVisa permite, através de uma página web (evisa.gov.mz), a obtenção de uma pré-aprovação de vistos a cidadãos estrangeiros nas categorias de turismo e negócios (para participar de reuniões, conferências e pesquisa).

Falando num encontro decorrido no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, que visou abordar assuntos referentes ao Pacote de Medidas de Aceleração Económica (PAE), o vice-ministro informou que os estrangeiros que queiram obter uma pré-aprovação de vistos nas categorias de investimentos e fronteira podem usar esta plataforma.

Consiste numa interface gráfica de fácil utilização onde o visitante estrangeiro pode inserir todas as informações necessárias para o pedido de um visto, através de um formulário com o propósito da visita.

Também é o canal de apresentação da documentação necessária para a emissão do visto, designadamente cópia do passaporte, bilhete de viagens e comprovativo de hospedagem através de carregamento de ficheiros digitais.

Após submissão da informação e da documentação necessária, o Serviço Nacional de Migração (SENAMI) recebe e processa o pedido comunicando a aprovação ou reprovação pela mesma plataforma digital num prazo de cinco dias.

Caso o pedido seja aprovado, o estrangeiro recebe um documento digital de pré-autorização para viajar e apresentar ao oficial do SENAMI no ponto de entrada em Moçambique.

Após o pagamento da taxa na fronteira escolhida, o SENAMI procede à emissão do visto concedendo a entrada no país.


[Errata]: 11/10/2023 – Foi corrigido o título que, que continha o termo VISA ao invés de eVisa.

2 COMENTÁRIOS

  1. Hi malta.
    Osório de Moçambique aqui.
    Olha, peço que revejam a informação sobre o eVisa. Não Visa Cartão mas eVisa, plataforma para vistos.

    Obrigado

  2. Quem deixou o estagiário públicar uma matéria, parece que quem escreveu não sabe nada sobre o assunto, se confundiu Visa de pagamento com visa de visto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui