Moçambique. INNOQ desafiada a investir em tecnologias de medição

280

A descoberta de hidrocarbonetos e de outros recursos naturais em Moçambique está a desafiar o Instituto Nacional de Normalização e Qualidade (INNOQ) a investir em tecnologias digitais de metrologia.

A convicção foi manifestada recentemente, em Maputo, pelo Ministro da Indústia e Comércio (MIC) do país, Silvino Moreno, falando por ocasião da celebração do Dia Mundial da Metrologia.

Estas descobertas, por trazerem novos actores para o mercado, poderão também abrir novas oportunidades para o INNOQ, pelo que é necessário que a metrologia acompanhe esse desenvolvimento e procure novas alternativas de técnicas digitais“, informou.

MAIS: Moçambique. Governo e parceiros abordam política de ciência, tecnologia e inovação

O ministro exortou ao INNOQ no sentido de reforçar a sua capacidade de medição para que tanto a indústria como os laboratórios de ensaios não sejam prejudicados por qualquer falha de medição realizada pela instituição.

O lema da efeméride foi “Metrologia na Era Digital” e, segundo o governante, o mesmo foi escolhido porque “a tecnologia digital está a revolucionar a sociedade e é uma das tendências mais empolgantes no mundo actual“, frisou.

De informar que o INNOQ é a instituição que assegura as competências do Estado em matérias de rigor nas medições e fiabilidade dos instrumentos de medição em uso na indústria e em laboratórios de ensaios.

Para Silvino Moreno, o INNOQ garante que os seus serviços de calibração e verificação de instrumentos de medição, bem como da fiscalização de produtos pré-medidos estejam mais próximos das indústrias, dos laboratórios e do consumidor em geral.

O governante explicou também que o Dia Mundial da Metrologia representa um momento de reflexão sobre os desafios impostos pela modernização e dinâmicas da industrialização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui