[Moçambique] M-Pesa lança novos serviços para impulsionar o seu uso

691

O M-Pesa lançou recentemente novos serviços de forma a impulsionar cada vez mais o seu uso pela população moçambicana, nomaedamente o “Xitique”, que permite aos clientes juntar dinheiro gradualmente para a realização dos seus sonhos e o “Txuna”, que permite que determinados clientes elegíveis possam fazer empréstimos bancários e receber nas suas contas M-Pesa.

As novidades não param por aí, onde a carteira digital disponibilizou também o serviço de transferência de dinheiro do M-Pesa para o banco e vice-versa, bem como para atender à demanda do mercado, foi lançado o “M-Pesa Business”, que consiste numa unidade de negócio que tem em vista agregar valor às operações financeiras do segmento corporativo.

Em meio a tanta inovação, destaca-se o “OPEN API”, uma plataforma aberta que permite aos provedores de produtos e serviços integrar as suas plataformas digitais ao M-Pesa, de modo a procederem a coletas e desembolsos. Estes feitos, habilitam aos mais de 5 milhões de clientes individuais a poderem ter mais uma alternativa para efetuarem pagamentos, de forma presencial (à boca do caixa) e remota (nas páginas e aplicativos de vendas on-line).

MAIS: Moçambique. M-Pesa projeta cobrir 75% da população adulta

Para os usuários de smartphones, o M-Pesa lançou o “Meu M-Pesa”, uma aplicação que permite ao cliente individual efetuar operações de forma rápida e fácil. O M-Pesa conta com uma rede de mais de 40 mil agentes espalhados por Moçambique e tenciona estabelecer mais parcerias com os sectores público e privado, assim como organizações não governamentais.

Neste contexto, já se destacam inúmeras parcerias que o M-Pesa tem implementado junto do Governo para facilitar a coleta e pagamentos de diversos serviços, tais como: o INSS para a coleta de contribuições para a segurança social, a Revimo para o pagamento de portagens, a EDM para a compra e pagamento de energia, o Fipag e a ADEM para pagamentos de faturas de água, taxas municipais, entre outras, que fazem a diferença no dia-a dia dos moçambicanos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui