Mozilla faz parceria com o Sindicato Africano de Telecomunicações para promover conectividade rural

0
1550

A Mozilla e a União Africana de Telecomunicações (UAT) assinaram um memorando de entendimento para um projecto conjunto que visa promover a conectividade rural no continente africano.“O projecto, atrelado ao uso de políticas de espectro, regulamentos e práticas, foi projectado para garantir acesso acessível à comunicação em todo o continente”, disse o secretário-geral da UAT, John OMO.

Embora metade do mundo esteja agora conectada à internet, os modelos políticos, regulatórios, financeiros e técnicos existentes não são adequados para o propósito de conectar as áreas rurais mais pobres e pouco povoadas. Mais precisa ser feito para alcançar as metas universais de acesso das Nações Unidas até 2030. Políticas claras e intervenções regulatórias que possam apoiar a inovação e novos modelos de negócios para acelerar o progresso são urgentemente necessárias.

Descobrir como tornar o espectro acessível, particularmente nas áreas rurais, é fundamental para colocar as pessoas online em todo o continente africano”, disse Mitchell Baker, CEO da Mozilla, “Estou comprometido com a Mozilla a fazer alianças para enfrentar esse desafio“.

A conectividade rural em África apresenta um conjunto único de desafios. Mais de 60% das populações africanas vivem em áreas rurais, mas não têm recursos e infraestruturas necessárias para conectá-las. Os usuários potenciais são frequentemente espalhados, dificultando o apoio ao caso tradicional de negócios para investimentos necessários para estabelecer a infraestrutura de banda larga.

Existem muitos fatores que contribuem para essa divisão digital, mas um dos maiores desafios é disponibilizar espectro sem fio para operadoras de baixo custo, que estão preparadas para implantar novos modelos de negócios para acesso rural, disse Mitchell Baker, CEO da Mozilla.

Para destravar a inovação e o investimento, devemos desenvolver instrumentos políticos e regulatórios para abordar o acesso ao espectro nas áreas rurais. A Mozilla fez uma parceria com a UAT para facilitar o diálogo entre reguladores, formuladores de políticas e outras partes interessadas, para explorar maneiras de desbloquear o potencial do espectro não utilizado.

A Mozilla e a União Africana de Telecomunicações desenvolverão recomendações baseadas nesses diálogos e boas práticas. As recomendações serão apresentadas na reunião anual do Conselho Administrativo da UAT de 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here