Nigéria implenta um novo plano de banda larga para atingir 90% da população

0
1422

O Governo nigeriano anciou um novo plano de banda larga que visa abrangir cerca de 90% da sua população até 2025. Com uma velocidade de download de dados de um mínimo 25Mbps em áreas urbanas e 10 Mbps em áreas rurais com cobertura eficaz disponíveis a um preço não superior a 390 Naira (USD 1) por 1GB de dados.

Para atingir essas metas o plano está focado em recomendações em quatro pilares críticos, a saber:

  • infraestrutura; 
  • política/espectro;
  • motivadores de demanda
  • financiamento/incentivos.

O Plano visa a implantação de uma cobertura de fibra nacional para todas as Capitais dos Estados, e um ponto de presença em pelo menos 90% das Sedes Municipais.

Falando durante uma conferência de treinamento virtual organizada pelo Banco Mundial, o Ministro das Comunicações e Economia Digital da Nigéria, Isa Pantami, explicou como o Plano visa a redução significativa das lacunas de acesso através da expansão do acesso de banda larga em todo o país. 

“Como na época iniciamos o processo de elaboração de um novo plano de banda larga para substituir o plano expirado, nossa penetração de banda larga no país era de pouco mais de 33%. Como resultado da implementação do novo plano, essa penetração da banda larga aumentou significativamente para 45,07%, a partir de novembro de 2020. Por mais que esses números sejam expressivos, não vamos descansar sobre os nossos remos e continuaremos a implementar iniciativas para aumentar a cobertura de banda larga em linha com o nosso Plano ”, disse Pantami. 

Segudo o ministro nigeriano, a banda larga tem sido frequentemente referida como um factor chave para o crescimento económico na Quarta Revolução Industrial. De acordo com um relatório da Ericsson intitulado “Qual a importância das redes de banda larga móvel para o desenvolvimento económico global”, o aumento de 10% na penetração da banda larga móvel resulta num aumento de aproximadamente de 0,6% a 2,8% no produto interno bruto (PIB).

A banda larga apóia o desenvolvimento da economia digital e o foco no crescimento da economia digital nacional também melhorará a economia tradicional do país. De acordo com o National Bureau of Statistics (NBS), a contribuição das TIC para o Produto Interno Bruto da Nigéria aumentou para 17,83% no 2º trimestre de 2020 ”. Isso foi inédito e reflete o quanto a tecnologia de impacto, incluindo a banda larga, pode ter na economia se canalizada de forma adequada, e acrescentou que a contribuição da economia digital seria ainda muito maior quando somada à contribuição dos serviços digitais para o PIB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here