Novo malware para Android espalha-se rapidamente via Whatsapp. Saiba como se prevenir.

0
1461

Os sistemas mais usados são frequentemente postos à prova. O Android não fica de fora, sendo a plataforma móvel com mais malwares anualmente.

Juntemos agora uma plataforma popular e uma aplicação popular como o WhatsApp para atingir números de infecções altos. Pois é, essa é a combinação que o novo malware para Android está a explorar, usando o Whatsapp para se instalar nos smartphones dos alvos.

Como esse malware funciona?

1. O utilizador recebe um link via WhatsApp.
2. Ao abrir o link, o utilizador é redirecionado para uma página falsa e que simula a loja de aplicações da Google
3. É apresentado então um falso software da Huawei, onde os utilizadores podem ganhar novos smartphones.

Consequências

A aplicação “pirata” pedirá para ter as permissões para ler notificações e para se colocar acima de qualquer outra app.
Assim a aplicação consegue ter acesso as suas mensagens do WhatsApp e vai infectando mais contactos da sua lista. Estando instalado no seu smartphone, a aplicação consegue capturar os dados do utilizador.

Mensagem enviada com o suposto prémio da Huawei (à direita) | Aplicação Pirata a ser instalada (à esquerda)

O que este Malware tem de especial em relação aos outros?

  • Tem a capacidade de estar a ser executada em segundo plano, evitando que seja terminada ou colocada em pausa.
  • Opera discretamente. A aplicação pirata envia uma mensagem por hora para cada contacto do WhatsApp, evitando suspeitas.
  • Por outro lado, o link parece ser obtido externamente, o que indica que podem mudar o modo de operação.

Como evitar golpes semelhantes?

  • Desconfiar dos links que recebe via Whatsapp ( não importa a origem)
  • Instalar aplicações directo das lojas oficiais
  • Bom senso (Desconfie das promoções fantasma, de serviços e empresas que nem sequer conhece)

Veja como o malware se propaga

Mais detalhes sobre a URL . Não instale!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here