‘Oracle for Startups’ abre inscrições para startups africanas

2033

A empresa Oracle, multinacional que atua na área de computação e informática, com especialização no desenvolvimento e distribuição de soluções de banco de dados, sistemas em nuvem e de softwares corporativos, lançou recentemente o seu programa para apoiar startups africanas de diferentes sectores, de modo a impulsionar as tecnologias digitais para o crescimento dos negócios.

Segundo a informação oficial, o programa da empresa é para aumentar o crescimento das startups em toda a África, e onde vai oferecer recursos extra e apoio essas startups tecnológicas do nosso continente.

Para as startups selecionadas no programa, terão um apoio económico de 10.000 dólares, além de um suporte técnico prático, mentoria executiva, recursos de mercado e compromissos com os futuros clientes.

Eis os requisitos das startups para poderem fazer parte do programa:

  1. As startups devem ter sido fundadas nos últimos 10 anos, e ter um site funcional ou perfil público e perfil LinkedIn.
  2. Deve ser uma startups registada em um país de África
  3. As startups devem ser associadas a um dos seguintes sectores: aceleradores, empresas de capital de risco e empresas de arranque que permitem organizações/iniciativas
  4. Todas as startups que já se formaram no programa Oracle for Startups, empresas públicas, clientes existentes da Oracle (incluindo as suas subsidiárias) e membros da Oracle Partner Network não podem se candidatar ao programa.

MAIS: Founder Institute Luanda abre as candidaturas para a 4ª edição do programa de aceleração de Startups

Falando sobre o programa, Jason Williamson, vice-presidente da Oracle para Startups, disse:

“Na Oracle for Startups, ajudamos novos negócios a crescer desde a base até o dimensionamento. Até agora, as matrículas de startups sul-africanas cresceram 91%, enquanto as matrículas de novas empresas em mais de 13 outros países africanos cresceram 39% no último ano – tudo isso é evidência de que a África está na vanguarda do economia digital”.

Jason explicou ainda que o investimento impulsionará o esforço contínuo dos empreendedores de tecnologia africana, para assim alavancar as tecnologias digitais e seus produtos.

As inscrições estão abertas desde o dia 01 de fevereiro de 2022 e é válida por dois anos a partir da data de inscrição, e podes submeter a sua candidatura clicando em aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui